CELEBRIDADES

Karina Bacchi revela qual detalhe foi decisivo na hora de escolher o pai biológico de Enrico

November 9, 2018 20:16

Que Enrico foi gerado por fertilização in vitro, muita gente já sabe. Karina Bacchi já contou algumas vezes que optou por esse método após dar fim a um relacionamento de 5 anos em que não poderia realizar esse sonho, pois o antigo namorado não queria ser pai.

Solteira, com 40 anos, ela escolheu um doador de sêmen parar gerar o bebê e utilizou os óvulos que havia congelado antes de retirar as trompas por conta de um problema de saúde.

"Eu nunca me via de levantar a bandeira de mulher sozinha. Eu queria uma família, quero isso pra minha vida. Mas naquele momento tive que fazer daquela maneira. A ordem dos fatores que mudou", explicou a artista durante uma entrevista ao canal de Thais Fersoza.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Após perder bebê, bicampeã do vôlei, Sheilla Castro, comemora nascimento de filhas gêmeas e emociona a web

Prestes a casar com o apresentador Amaury Nunes, que já mostrou ser um paizão para Enrico, Karina falou novamente sobre essa decisão de ser mãe e revelou qual detalhe foi decisivo na hora de escolher o pai biológico de Enrico.

Como não queria basear sua escolha apenas no histórico de saúde e na aparência dos doadores, ela achou melhor fazer a busca entre homens estrangeiros, já que, de acordo com ela, empresas de fora do Brasil oferecem uma quantidade maior de informações sobre os candidatos.

"Eu queria um sinal diferente, não só ver se é bonito, ou se o olho é claro, se é escuro... Eu queria ter alguma coisa que eu me identificasse e falasse: ‘É ele’", afirmou a loira. Esse “sinal” apareceu quando Karina viu as fotos de infância de um dos doadores. "Eu me identifiquei demais com o doador que gerou o Enrico porque vi uma criança muito parecida com a criança que eu fui", revelou a artista.

Agora tá explicado por que Enrico é tão parecido com a mãe, né?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Karina Bacchi tentou guardar segredo, mas seu casamento foi descoberto e um “detalhe” pode espantar convidados