INSPIRAÇÃO

7 esculturas que negam a existência da gravidade

February 27, 2018 06:06

Os artistas vivem no mundo da fantasia e da criatividade, de modo que nem todos conseguem entender o que o artista ou escultor queria expressar por meio da sua criação. No entanto, ainda mais surpreendentes são os objetos de arte que são criados e contrariam as leis da Física. Em particular, existem pelo menos três dezenas de escultores no mundo que negam a existência da gravidade em seus trabalhos. Olhando para essas obras, a pergunta que se faz é: "Como isso é possível?".

Propomos um passeio por vários países para vermos algumas dessas obras de arte. Talvez juntos possamos encontrar algum explicação para estes verdadeiros milagres.

1. O escultor italiano Lorenzo Quinn criou a obra "Força do Amor", impulsionada exclusivamente por esse maravilhoso sentimento. Por isso, provavelmente, esses dois em Londres parecem estar flutuando.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Usando apenas os pés, artista faz esculturas impressionantes na neve

2. Por serem fadas, elas podem pairar no ar, mesmo que elas tenham sido feitas por fios de aço, de acordo com o projeto do arquiteto Robin Wight. Sorte dos moradores de Stanfford!

3. Em sua série de figuras "incompletas", talvez Bruno Catalano queira mostrar às pessoas que elas sempre podem se completar internamento. Ou uma outra interpretação: uma pessoa pode chegar a qualquer lugar do globo (por exemplo, os dois estão em Marselha), mas ela nunca pode escapar de si mesma. Como dizem, cada um terá a sua interpretação para a obra.

4. O escultor chinês Johnson Tsang trabalha com argila e plastilina. Seus trabalhos surreais se assemelham a fotografias por parecerem extremamente vivos e naturais. Um exemplo é este "Beijo de café", que fica no Museu de Arte em Hong Kong, pátria do seu criador.

5. Temos que concordar que a obra do talentoso escultor Tom Frantzen faz jus ao título "Brincadeira com um policial" – essa seria a tradução da composição instalada em um dos cantos da capital belga.

6. O escultor polonês Jerzy Kędziora cria figuras em equilíbrio que são mantidas por hastes pouco visíveis. A impressão é de que, ao menor golpe da brisa, elas cairão do alto. Felizmente, elas já estão no lugar há vários anos, alegrando a vida dos moradores e turistas de Miami.

7. O escultor argentino Leandro Erlich apresenta suas composições em Bienais Internacionais, sempre se tornando um sucesso em todas as cidades pelas quais ele passa.

via Wikimedia Commons

Esta é apenas um pequeno grupo de esculturas nas quais os criadores incorporaram seus pensamentos e ideias. Cada vez fica mais claro que não há limites para a fantasia! Claro, você também deve ter fotos de outras obras, resultados de suas viagens por países diferentes. Compartilhe suas impressões. Todos ficarão muito interessados.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Esculturas de areia impressionam pela riqueza dos detalhes