FAMÍLIA & CRIANÇAS

Um ciclo menstrual mais longo que o normal pode indicar que você sofre de algum destes 7 problemas de saúde

January 15, 2018 17:46

Há um ditado que diz “cada cabeça é uma sentença” e isso também se aplica para cada corpo humano, principalmente o das mulheres. Cada uma de nós é diferente e, consequentemente, não funcionamos da mesma forma em todos os processos físicos, químicos e biológicos. Por isso, a forma como nosso organismo reage durante a menstruação varia de mulher para mulher. Muitas passam esses dias com tranquilidade, mas há algumas que sentem muitas dores e inchaço e ficam com o humor instável.

Também há mulheres que normalmente têm um ciclo menstrual de três a cinco dias, mas há quem tenha sete ou mais dias de menstruação. Hoje contaremos sete possíveis razões pelas quais a menstruação pode durar mais que o normal:

1. Menorragia

Africa Studio / Shutterstock.com

A menorragia é um problema que provoca menstruações muito longas e abundantes. As mulheres que estão perto da menopausa geralmente sofrem deste problema, que provoca muita perda de sangue durante esses dias do mês. Entre os principais sintomas estão:

- sangramento por mais de 7 dias;

- mudança constante de absorventes ou absorventes internos devido aos ciclos abundantes;

- anemia (fadiga severa, cansaço e falta de ar);

- impossibilidade de cumprir as atividades do dia a dia.

2. Adenomiose

A adenomiose ocorre quando o tecido que recobre o interior do útero penetra o miométrio, ou a camada muscular deste órgão. Ainda que este problema não coloque em risco a vida da pessoa, ele pode causar alguns problemas incômodos, incluindo:

- períodos menstruais muito abundantes ou prolongados;

- pressão e inchaço abdominal;

- dor e cãibras.

3. Hiperplasia endometrial

plantic / Shutterstock.com

A hiperplasia endometrial ocorre quando o revestimento do útero se torna muito grosso. Na maioria dos casos, isso se deve ao excesso de estrogênio e baixo nível de progesterona. Quando o processo de ovulação ocorre, o corpo não produz progesterona e o revestimento do útero vai engrossando. Entre os principais sintomas deste problema estão:

- menstruações longas e abundantes;

- ciclos menstruais muito curtos (menos de 21 dias);

- sangramento depois da menopausa.

Este problema pode ser tratado com progestina ou um progestágeno sintético.

4. Sangramento uterino disfuncional

Existe um problema chamado sangramento uterino disfuncional que pode provocar sangramento uterino anormal. Como seu nome diz, ele ocorre quando existe uma alteração no padrão de funcionamento do endométrio. Entre os sintomas mais comuns estão:

- sangramento inesperado;

- sangramento excessivo;

- menstruações prolongadas.

Os médicos ressaltam que 1% ou 2% das mulheres que não tratam este problema correm o risco de desenvolver câncer endometrial.

5. Miomas

Alexxndr / Shutterstock.com

Os miomas são muito comuns entre as mulheres em idade reprodutiva. Este problema ocorre quando começam a se formar tumores benignos no útero. Alguns dos sintomas possíveis são:

- prisão de ventre e micção constante;

- sangramento abundante durante a menstruação;

- dor nas costas e nas pernas;

- pressão na área da pélvis.

6. Síndrome do ovário policístico

bstudio / Shutterstock.com

O descontrole hormonal pode provocar a síndrome do ovário policístico. Com o tempo, este problema pode provocar os seguintes sintomas:

- períodos menstruais longos e abundantes;

- dificuldade para ficar grávida;

- amenorreia (ausência de menstruação);

- acne;

- crescimento excessivo de pelos no rosto, no peito, nas costas e na barriga.

Quem sofre da síndrome do ovário policístico tem os níveis de testosterona mais elevados que o normal, o que pode produzir problemas de fertilidade se ela não for tratada adequadamente.

7. Problemas de tiroide

Alguns problemas de tireoide podem fazer com que a sua menstruação dure mais que o normal, pois este órgão é o responsável por regular o metabolismo no corpo humano. De fato, o hipotireoidismo é um dos problemas que provocam menstruações abundantes, longas e dolorosas. Outros sintomas do hipotireoidismo incluem:

- queda de cabelo;

- ressecamento da pele;

- prisão de ventre;

- unhas quebradiças.

- aumento de peso;

- menstruações irregulares;

- sensibilidade ao frio;

- disfunção sexual.

Os problemas de tireoide podem ser controlados e resolvidos através de medicação ou cirurgia. Se você acredita que apresenta alguns destes sintomas, agente uma consulta com seu médico e discuta os sintomas com ele.

É importante consultar seu médico diante de qualquer situação anormal com respeito ao seu ciclo menstrual. Lembre-se de que eles são os especialistas na área que podem nos ajudar a encontrar um diagnóstico e tratá-lo da melhor maneira.


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.