FAMÍLIA & CRIANÇAS

3 histórias de abuso infantil absolutamente aterrorizantes provam que isso pode estar acontecendo na casa ao lado

October 31, 2018 17:04

A mídia geralmente destaca as histórias mais horríveis que acontecem ao nosso redor. Ouvimos muito sobre homicídios, acidentes fatais, tiroteios etc. No entanto, acreditamos que o único tópico que não seja suficientemente destacado é o abuso infantil, já que as estatísticas mostram um aumento significativo em tais casos nos últimos anos.

Queremos aumentar a conscientização sobre esse assunto, porque as crianças são o nosso futuro e é da maior prioridade protegê-las. Além disso, torna-se extremamente importante devido ao fato de que a maioria dos abusadores de crianças são seus pais - pessoas que devem fornecer segurança em vez de machucá-las. Portanto, reunimos três histórias horríveis recentes de abuso infantil que nos chocaram para provar nosso ponto - o abuso infantil diz respeito a todo mundo.

Luis Louro / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Aviso! O abuso infantil ocorre com mais frequência do que você pode imaginar

Histórias reais de abuso infantil

1. Max de Wisconsin

A primeira história de abuso infantil que queremos contar aconteceu em Wisconsin há cerca de um ano e meio. Um menino de cinco anos de idade, Max, sofreu ferimentos na cabeça que deixaram o menino com deficiência. Os médicos disseram que foi um milagre que Max pudesse conversar e se mexer novamente. A despesa da recuperação é de mais de um milhão de dólares e continua aumentando. No entanto, o menino pode não conseguir recuperar o uso total da mão e da perna direita.

FOX 9 News | KMSP-TV Minneapolis-St. Paul / YouTube

De acordo com Fox 9, a mãe do menino, Kathy Piha, deixou Max aos cuidados de seu então namorado, Bryan Beseler (um ex-representante eleito), para comprar um pouco de comida para o almoço. Quando a mulher voltou, viu o filho deitado no chão e tendo convulsões. Beseler afirmou que os dois estavam se perseguindo em uma brincadeira quando Max acidentalmente se chocou contra um batente da porta. No entanto, dada a gravidade das lesões, os médicos não acreditaram no homem. Os familiares sabiam que algo horrível aconteceria, pois haviam encontrado evidências de violência muitas vezes.

FOX 9 News | KMSP-TV Minneapolis-St. Paul / YouTube

2. Casa de horrores de Tampa

Qual é o caso mais horrível de negligência infantil cometido pelos pais? Acreditamos que Jamie Marie Hicks definitivamente merece o título de pior mãe de todas. As oito crianças severamente abusadas estavam escondidas dentro da casa. Elas receberam educação em casa e foram isoladas, o que mascarou o crime perturbador por muito tempo. Os vizinhos raramente viam as crianças e nunca viram o menor motivo de preocupação.

De acordo com o relatório policial, Hicks batia em seus filhos, dava choques até eles ficarem inconscientes, mantinha a cabeça deles embaixo da água, alimentava-os com comida estragada e forçava-os a comer seu próprio vômito. As crianças com idade entre 2 e 16 anos eram extremamente desnutridas. Os mais velhos, os gêmeos, pesavam quase 40 quilos. Esta história de abuso infantil nos mostra que algo tão horrível pode acontecer ao virar a esquina. A mãe junto com seu marido, Vernon Lovell, estão agora atrás das grades.

ABC Action News / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Gaslighting é uma forma de abuso psicológico muito mais sutil do que se imagina

3. A missão de Chrissy Reynolds

Chrissy tinha apenas 9 anos quando sua mãe tentou matá-la junto com suas irmãs. As crianças brincavam quando o padrasto se enfureceu porque não conseguia ouvir a TV. Então, sua mãe levou Chrissy para a cozinha e voltou para a sala de estar com uma faca pressionada contra o pescoço da criança com tanta força que o sangue começou a escorrer pela pele de Chrissy. A mãe gritou: "Por que não matamos todas elas?

KVCkids / YouTube

Foi naquele momento que a menina percebeu que tinha que fugir. Juntamente com suas irmãs, correram para fora da casa gritando por ajuda. Elas tiveram a sorte de encontrar um policial. As meninas foram levadas para um orfanato e, felizmente, nunca mais enfrentaram esses horrores. Chrissy então encontrou seus novos pais, que lhe mostraram como era uma família de verdade. Eles davam amor e carinho para seus filhos, proporcionavam segurança e atendiam às suas necessidades. Graças a essa bondade, Chrissy foi capaz de se recuperar do trauma e agora trabalha como terapeuta e ajuda crianças que passaram por algo tão horrível quanto ela.  

KVCkids / YouTube

Essas histórias mostram apenas uma pequena parte de toda a imagem. O terror, a negligência e a violência contra as crianças ocorrem todos os dias em todo o mundo. Machucar crianças é contra a nossa natureza humana. Olhe de perto e você verá muitos incidentes de abuso infantil ao seu redor. Claro, você não deve dar o sinal de alarme toda vez que vir um pai gritando com o filho. No entanto, se você acredita que a criança está em perigo ou pode se machucar,  informe isso ao Serviço Local de Proteção à Criança. Vamos tornar este mundo um lugar mais seguro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai flagra abuso contra a própria filha e acende um sinal de alerta! Qual é a atitude correta ao suspeitar que uma criança está sofrendo abuso?