INSPIRAÇÃO

Essas jogadoras de futebol se vestiram de homem para chamar atenção para uma causa muito nobre

June 8, 2017 16:52

Parece incrível que em pleno século 21, ano de 2017, ainda exista tanto sexismo no esporte. Mas, infelizmente, essa é uma barreira real para muitas atletas mulheres. Dispostas a virar esse jogo, a equipe de futebol feminino do Club Sportivo San Lorenzo, do Paraguai, entrou em campo caracterizadas como homens para protestar.

Claudia

Com cartazes que diziam coisas do tipo "nos vestimos de homem para que nos deem valor", as jogadoras posaram para fotos com barba e bigode pintados no rosto. O protesto é contra a direção do clube, acusada de não repassar a verba da Federação de Futebol do Paraguai para o time. Segundo declaração da capitã, Johana Benítez, as categorias femininas não têm a mínima infraestrutura para treinar e não tem assistência quando se machucam.

Claudia

A queixa é que o time masculino recebe toda a atenção dos responsáveis pelo clube, daí a ideia de se vestir como homens para serem ouvidas. O San Lorenzo rebateu as acusações e, através de um comunicado, afirmou que "as equipes femininas jamais foram objeto de discriminação de qualquer parte da Comissão Diretora” e jogou a culpa para a coordenação do departamento de futebol feminino, que - segundo a direção - ainda não prestou contas.

Não precisa ser muito perspicaz para ver que, mundialmente, o futebol masculino é muito mais valorizado que o feminino. Basta observar como os salários do jogares são ridiculamente maiores que o das mulheres...ainda que estejam no mesmo nível como atleta.

Quem sabe protestos como esse não ajudam a mudar essa história!

Fonte: Cláudia

Recomendada para você: Katrine foi a primeira mulher a correr a Maratona de Boston, em 1967. 50 anos depois ela repetiu o feito para empoderar outras mulheres através do esporte!