Vídeo mostra o que veterinária faz com cachorro quando ninguém está olhando!

Quem tem animal de estimação em casa, sabe que é muito importante levá-los ao veterinário com frequência, para garantir que não tenham problemas de saúde. Mas a escolha desse profissional pode ser bem difícil.

É preciso ser uma pessoa responsável e de muita confiança, até porque vez ou outra nos deparamos com histórias terríveis de animais que são maltratados e até agredidos por veterinários.

Tudo isso é bem incoerente com a profissão, até porque um veterinário deve, em primeiro lugar, amar os animais, não é? Infelizmente, alguns são bem cruéis com os pobres bichinhos.

Um vídeo recente tem chamado bastante atenção da internet e mostra como uma veterinária trata um cachorro quando ninguém está olhando.

São só 16 segundos, mas que foram mais do que suficientes para gerar comentários como: “Isso é um abuso! Posso processá-la?”, de alguns internautas.

O que ela faz? A gente te mostra:

Isso mesmo, a moça simplesmente abandona os protocolos de atendimento e dança abraçadinha com o animal. Muita fofura, não é?

Realmente, o sucesso do vídeo foi tanto que ele já foi visto por mais de 220 mil pessoas! Todo mundo queria um veterinário assim não é?

A gente ainda não sabe se a atitude da médica foi simplesmente espontânea ou uma maneira que ela encontrou de acalmar o bichinho.

Pois, assim como os humanos, muitos animais também morrem de medo de ir ao médico.

Se o seu pet também tem problemas com visitas de veterinários, você pode tomar algumas atitudes que ajudem a melhorar isso.

Vídeo mostra o que veterinária faz com cachorro quando ninguém está olhando!Soloviova Liudmyla / Shutterstock.com

Por exemplo:

  • Pegá-lo no colo e imitar contenções: muitos animais não gostam de serem pegados no colo. Isso pode ser um problemão se ele precisar tomar uma vacina. Então, a dica é acostumá-lo ao colo e também fazer simulações de contenção (apertando-o um pouco);
  • Vá com ele: leve seu animal ao veterinário e aja normalmente. Brinque com ele e dê petiscos (se puder) e faça muito carinho.

Se isso persistir, procure um adestrador para ajudá-lo a resolver essas situações. Mas, acima de tudo, ame muito seu pet e encontre um profissional que ele vai amar.

Fonte: Content Bible/ YouTube, Canal do Pet, Estadão

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Mulher questiona veterinário sobre morte de cachorro e revelação dele deixa seguidores emocionados

Recomendamos