Bomba! Após ser demitida, Maitê Proença processa Globo e

CELEBRIDADES

Bomba! Após ser demitida, Maitê Proença processa Globo e pede R$ 500 mil em indenização

Date August 1, 2018 01:10

Maitê Proença é mais uma atriz renomada a sofrer com o inesperado fim de contrato com a Rede Globo. A artista, que fez sua última participação na emissora em 2016, descobriu de maneira inesperada que seria demitida da emissora, através de uma notícia da imprensa.


A atriz contou que viu os boatos sobre sua demissão na mídia e decidiu entrar em contato com a pessoa que havia afirmado que seu contrato seria renovado. E aí que veio a triste confirmação de que ela estava realmente demitida. Mas quem disse que a atriz se conformou?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Que pancada! Justiça determina que Safadão pague quase R$ 40 mil de pensão e viagem internacional ao filho

Maitê decidiu reinvidicar os seus direitos e abriu um processo trabalhista contra a emissora global, pedindo o valor de R$ 500 mil em indenização.

O processo, que corre em segredo de justiça, está tramitando na 54ª Vara do Trabalho, no Rio de Janeiro, e teve sua primeira audiência realizada na terça-feira (31).


De acordo com informações do jornalista Leo Dias, Maitê pediu que não houvesse ninguém a mais durante a audência do processo. A atriz contratou o advogado Tulio Claudio Iedes e a própria filha Maria Proença Marinho para representá-la na causa trabalhista.


A atriz teve seu contrato finalizado no segundo semestre de 2016, depois 37 anos na casa. Sua última participação foi em “Liberdade, Liberdade”. Com uma carreira sólida, ela iniciou o trabalho como atriz na TV Tupi, em 1979, e chegou a fazer uma participação na Globo no ano seguinte. Mas foi em 1989 que ela se fixou na emissora da família Marinho, onde permaneceu até a fatídica demissão.


E Maitê não é a única a entrar na lista negra da Globo. Carolina Ferraz e Pedro Cardoso foram outros dois que tiveram os contratos suspensos, mesmo após anos de trabalho na casa. Carolina também abriu um processo, mas pediu um valor bem maior de indenização, que corre na casa dos R$ 7 milhões.

 

PROFISSÃO ARTISTA

Uma publicação compartilhada por Maitê Proença oficial®️ (@eumaiteproenca) em


Mesmo já tendo afirmado que gostaria de voltar a trabalhar na emissora carioca, depois dessa, as chances da atriz retornar à casa podem ter diminuído um bocado.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Barrada! Globo lembra que “tá de mal” com Carolina Ferraz e atriz é cortada da chamada de Belíssima