Cantor Eduardo Costa é processado por estelionato e até Marrone pode estar envolvido no caso!

O caos se instalou no mundo sertanejo. Os rapazes acostumados a boa vida, com turnês gigantes, plateias lotadas, fortunas, mulheres e muita curtição, também podem exagerar em algumas dessas coisas e passarem a ser assunto de polícia. O cantor Eduardo Costa que o diga, o moço está envolvido em um sério imbróglio judicial.

 

Eu sei que tem limites, mas eu não conheço kkk. Bjuuuu. ❤️💚 #harleydavidson #vrod #customizacao

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em

O músico romântico se envolveu em uma negociação de parte de seus bens. Eduardo fez uma troca com um casal, onde ele sedia sua casa à beira do lago de Furnas em Capitólio, Minas Gerais, avaliada em 6 milhões de reais e em troca recebia um apartamento na região da Pampulha, Belo Horizonte.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 'Eu vacilei', Eduardo Costa desabafa sobre fim do romance com Helen Ganzarolli

Esse apartamento que o moço recebeu está avaliado em 9 milhões de reais. Então, ficou firmado que Eduardo teria que garantir a diferença de 3 milhões para o casal.

Então, o cantor propôs uma moto aquática de 25 mil reais, uma lancha no valor de 250 mil e um carro de luxo Ferrari, de 1 milhão e 100 mil reais. Até aí tudo bem, o casal recebeu a moto aquática e a lancha, mas a Ferrari...

 

Esse sorriso é o melhor que tenho pra oferecer.

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em

Eduardo, vendeu sua Ferrari para o amigo e também cantor sertanejo, Marrone. Mas, agora que começam os problemas do cantor. Apesar de valer 1,1 milhão, apenas 800 mil reais foram repassados para o casal.

Eduardo Costa justificou que o valor teria caído e por isso só conseguiu vender por esse preço. Entretanto, foi descoberto que Marrone de fato teria pago 1,1 milhão e, portanto, Eduardo estava mentindo e teria embolsado esses 300 mil reais de diferença.

 

Uma publicação compartilhada por Marrone (@marrone) em

O casal então, entrou com um processo contra Eduardo Costa o acusando de estelionato. Representados pelo advogado Arnaldo Soares Alves, foi protocolado inclusive o pedido para ouvir Marrone como testemunha do caso.

 

Uma publicação compartilhada por Marrone (@marrone) em

“Nós queremos mostrar que houve má-fé por parte de Eduardo Costa”, disse o advogado. O processo que corre no próprio estado de Minas Gerais, promete ainda muitos polêmicos capítulos.

O cantor Marrone não se pronunciou oficialmente sobre o caso e disse que tudo que tinha que falar já foi feito no testemunho que prestou. Já Eduardo Costa, esse sim se encontra em apuros e terá que explicar muita coisa para a justiça!

Fonte: Notícias ao minuto

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: O cabaré pegou fogo mesmo! Após fim da parceria musical, amizade entre Leonardo e Eduardo Costa pode estar ameaçada

 

Recomendamos