Na França, Mariana Ximenes protesta contra desigualdade sal

CELEBRIDADES

Na França, Mariana Ximenes protesta contra desigualdade salarial: "Não dá para acreditar que uma mulher seja protagonista e ganhe bem menos do que seu colega de cena"

Date May 31, 2018 15:16

Recentemente, Mariana Ximenes falou sobre a experiência de ter passado alguns dias de intenso contato com a sétima arte, no maior festival de cinema do mundo, em Cannes.

Além de ter feito a divulgação do filme O grande Circo Místico, do diretor Cacá Diegues, Mariana participou de um marco histórico na indústria cinematográfica: o protesto realizado por 82 mulheres do mundo inteiro, que, de braços dados no tapete vermelho, reivindicaram espaço e igualdade salarial. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Luiza Brunet perde ação contra o ex-marido, com quem viveu por 5 anos; modelo pedia R$ 100 milhões e já disse que vai recorrer

 

O número de participantes dessa iniciativa foi proposital: 82 é a quantidade de filmes dirigidos por mulheres que foram indicados à premiação em 71 anos de história do festival, algo extremamente pequeno se comparado às 1.645 películas dirigidas por homens que já estiveram nas listas anuais da seleção.

 

"Essa movimentação mostra a conscientização de que a mudança é urgente, necessária. (…) E tem que mudar mesmo porque não dá para acreditar que uma mulher seja protagonista e ganhe bem menos do que o ator que seja seu colega de cena. (...) O que temos que fazer é continuar lutando, falando sobre essa desigualdade e combatê-la", afirmou Mariana, ao ser questionada sobre sua participação nessa iniciativa.

Quando perguntaram se a atriz se sentia prejudicada por ganhar menos que um homem, ela explicou: "Não é uma questão de se sentir prejudicada. A discussão vai além disso. (…) Gravamos as mesmas horas, temos a mesma quantidade de trabalho. Não faz sentido que, apenas por ser mulher, eu ganhe menos.

Já no Brasil, a artista publicou no Instagram o registro do dia em que refez a foto icônica da atriz norte-americana Susan Sarandon, que, em 1978, posou de forma ousada e transgressora, com parte do seio à mostra, na sacada de um prédio em Cannes.

Mariana voltará à TV sob o papel de Adalgisa e fará par com o ator Gabriel Braga Nunes na minissérie global Se eu fechar os olhos agora, que ainda não tem previsão de estreia.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Confeitaria alemã pede desculpas por postar imagem racista que compara Meghan Markle a um marshmallow de chocolate vestido de noiva