Levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima! Travesti

CELEBRIDADES

Levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima! Travesti brasileira que fugiu de uma tribo no Acre hoje é diva na Itália

Date 5 de julho de 2018

A mais nova sensação da Internet atende pelo nome de Bambola Star. Ela é uma travesti brasileira que vive na Itália e está arrancando gargalhadas de famosos e anônimos nas redes sociais!

Se você já ouviu algum famoso declamando a icônica frase "Bom dia Brasil, Boa tarde Itália!" por aí, certamente eles estão reproduzindo o que virou febre na web brasileira!

 

Adoro

Uma publicação compartilhada por Bambola star Kaxinawá (@star.bambola_) em

A dona deste bordão é uma travesti acreana que mora há quase 30 anos na Itália e promove concursos de miss trans na região da Toscana, onde vive com sua cachorrinha Wendy (a qual ela chama de filha quando aparece em seus vídeos).

Vários famosos como Miguel Falabella, Solange Almeida e Pabllo Vittar começaram a seguir Bambola nas redes sociais depois da viralização de seus vídeos. 

Nada básica, a mais nova sensação da web contou em uma entrevista que gravou o vídeo se sentindo triste e sozinha quando estava em Veneza ao lado da cachorrinha, sua fiel amiga.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Por onde anda Roberta Close? Ícone dos anos 80, a ex-modelo vive na Suíça com o marido, com quem é casada há mais de 20 anos

As celebridades estão imitando a figura em videos engraçados que ela faz questão de compartilhar. Mas, se hoje a travesti tem uma vida confortável na Europa, nem sempre foi assim.

 

Penteados feito por um grande cabelereiro italiano somente para as Divas da Itália!💇👑💄

Uma publicação compartilhada por Bambola star Kaxinawá (@star.bambola_) em

Batizada como José Francisco de Araújo, a icônica nasceu na tribo indígena Kaxinawá entre o Acre e o Peru. Aos 11 anos sem se identificar com tudo à sua volta, fugiu para o Rio de Janeiro iniciando uma jornada de sofrimentos até chegar a vida que tem hoje.

Em entrevista, Bambola (que adotou este nome quando chegou na Itália aos 17 anos) contou que foi abusada várias vezes por caminhoneiros, tentando chegar à cidade grande. Já na adolescência - no Rio de Janeiro - começou a trabalhar em uma boate, quando recebeu o convite para virar passadeira do outro lado do oceano.

 

adoro

Uma publicação compartilhada por Bambola star Kaxinawá (@star.bambola_) em

Em solo europeu a vida da ex-Kaxinawá começou a melhorar depois que foi convidada por um produtor a se tornar atriz de filmes adultos. Mesmo com medo no início, aceitou o trabalho e foi feliz se dedicando por nove anos à indústria pornô.

"Foi quando comecei a ganhar dinheiro e fazer minhas cirurgias plásticas’’, relatou a estrela, contando ainda que não fez redesignação sexual. "Nunca faria. Se eu tirasse meu órgão sexual, tiraria parte daquilo que sou".

 

Uma boa segunda-feira a todas as pessoas do Brasil e todos os meus seguidores que me seguem

Uma publicação compartilhada por Bambola star Kaxinawá (@star.bambola_) em

Hoje, a acreana conta com assessores para gerenciar suas redes sociais. Uma delas é a transexual Luísa Marilac, que ficou famosa com o bordão “Se isso é estar na pior, o que quer dizer estar bem?".

Que história, hein!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Nicole Bahls é atacada por público LGBT após se apropriar de gíria e se defende: "Sou uma travesti que nasceu operada, poc"