Cansada de ser vítima de fake news, Pabllo Vittar é entrevistada por Bial e desabafa sobre discurso de ódio: “Tenho medo”

Celebridades

November 22, 2018 19:59 By Fabiosa

Pabllo Vittar foi a entrevistada da vez no Conversa com Bial. Sempre polêmica, a cantora atacou as notícias falsas que circulam na internet sobre ela, falou sobre as críticas que as pessoas fazem à sua voz e fez um desabafo a respeito do discurso de ódio que ganhou força por causa das últimas eleições.

Cansada de ser vítima de fake news, Pabllo Vittar é entrevistada por Bial e desabafa sobre discurso de ódio: “Tenho medo”

Pabllo Vittar / Instagram

A entrevista da drag queen deu o que falar e já chegou causando reboliço com o selinho que deu em Pedro Bial no começo do programa. O apresentador quis logo saber qual o tom de voz dela, mas a cantora admitiu que não sabe nada de música, pois nunca frequentou uma escola desse tipo na vida.

Ela conta que, quando criança, sempre tentava reproduzir as músicas das grandes cantoras internacionais que sua mãe colocava para tocar, e foi assim que ela conseguiu “incorporar a diva” que estava dentro dela.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Pabllo Vittar ✨🍒 (@pabllovittar) em

Pabllo sempre foi muito criticada por causa de seu jeito de cantar e por isso Bial a questionou sobre as reclamações que ela recebia por perder o fôlego nos shows. Ela afirmou que no começo da carreira realmente teve muitos problemas com a respiração, mas hoje ela prepara melhor sua voz e cuida do corpo.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pabllo Vittar aparece em fotos provocantes e divide opiniões entre fãs e haters, que querem que ela vá para a Venezuela

A drag queen relatou que sofreu muito bullying quando era criança, mas que sempre teve a mãe e a família do seu lado. Ela ainda falou sobre as reclamações que recebe por não ter um posicionamento político mais claro em suas canções:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quarta, 21/11, é dia de @pabllovittar no #ConversaComBial! 😍

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial) em

“As pessoas me perguntam porque minha música não é mais política. Eu sou uma drag, uma bixa afeminada, uma 'Poc' que sobe no palco montada de menina, num país que mais mata LGBT. Se isso não é uma forma política, não sei o que é", explicou ela.

Bial tocou no assunto da eleição de Jair Bolsonaro e Pabllo revelou que sentia muitos medos, até antes do resultado das eleições: “Tenho muitos medos mesmo, esse é um deles. Já temos índices e matérias de pessoas que mataram pessoas LGBT gritando o nome dele. É muito triste, espalha sangue para todo canto".

Cansada de ser vítima de fake news, Pabllo Vittar é entrevistada por Bial e desabafa sobre discurso de ódio: “Tenho medo”

Conversa com Bial / Instagram

Dentre as várias notícias falsas com o nome da cantora, aquela que noticiava que ela havia dito que sairia do país caso Bolsonaro fosse eleito foi a que teve um maior alcance. Quando Bial colocou essa famosa “fake news” em questão, Pabllo Vittar foi direto:

“Meus amores, não vou sair do Brasil, nenhum negro vai voltar para a senzala e nenhum gay para o armário, meu amor! ”, afirmou ela, fazendo um apelo para que as pessoas não acreditem em tudo que leem na internet.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Pabllo Vittar ✨🍒 (@pabllovittar) em

Pabllo Vittar não teve papas na língua e deu sua opinião sobre os vários assuntos levantados por Bial. É, não tem jeito, tudo o que sai (ou que dizem que sai) da boca da cantora, acaba sempre despertando discussões apaixonadas!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Fátima Bernardes emociona Pabllo Vittar com homenagem da irmã gêmea e da mãe: "Muito orgulhosa dela"