Envergonhou até a mãe: Ex-cunhado de Kaká faz postagem of

Envergonhou até a mãe: Ex-cunhado de Kaká faz postagem ofensiva e desagrada ainda mais com resposta à polêmica

Celebridades

September 5, 2018 23:23 By Fabiosa

Ex-cunhado de Kaká, Enrico Celico entrou nos holofotes por uma razão polêmica. O irmão de Carol Celico fez publicações machistas em suas redes sociais, e acabou criticado por vários internautas e também pelos famosos. Descontrolado, Enrico saiu xingando aqueles que não concordavam com seu posicionamento.


No dia 28 de agosto, Celico postou em seu Instagram um vídeo em que aparece apalpando e dando tapas no bumbum de uma mulher estrangeira enquanto participava do festival Burning Man, nos Estados Unidos. Nas imagens, Enrico ainda solta uma declaração polêmica: "Trate feministas como elas merecem".


Na legenda da publicação, o empresário continuou tentando fazer piada com o sexo feminino:

"Galera, ultimamente a minha masculinidade, virilidade e sensatez tem sido colocada em cheque por um grupo de pessoas. Pra tirar isso a limpo, decidi buscar por ai, alguma feminista carente que estivesse dando sopa (tem de montes) pra ver se eu ainda levo jeito com a coisa. Parece que sim".

Ele aproveitou para fazer propaganda política de seu candidato a presidente, Jair Bolsonaro, acrescentando ao post a frase "Campanha 2019 bolsomito". Várias hashtags ofensivas também foram utilizadas por Enrico.

A repercussão do vídeo foi extremamente negativa, e muitos internautas ficaram indignados com a posição de Celico. A modelo Vivi Orth foi uma delas: "Esse é o tipo de homem que todos nós devemos lutar para exterminar da face da Terra", escreveu incomodada.

 

Oi sexta! Campanha linda para @guerreirojoias 🖤

Uma publicação compartilhada por Vivi Orth 🅱️ ➖ (@viviorth) em

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Vexame nacional! Itamaraty espera acusação formal para agir sobre caso de assédio de brasileiros na Rússia

Celico não gostou nada do comentário e já saiu xingando a modelo e se fazendo de vítima. Várias mensagens ofensivas e de ódio gratuito foram dirigidas a Orth, que ameaçou colocá-lo na justiça. A também modelo Lea T, amiga de Vivi, denunciou o caso e publicou prints das ofensas proferidas por Enrico.

Em seu Instagram, a modelo transexual soltou o verbo e declarou que homens como Enrico se divertem com as mortes diárias de mulheres vitimizadas pelo machismo. Para ela, chegou a hora dele de sentir a dor do próximo e passar a ter respeito pelos outros. Lea conclama as mulheres a se unirem contra esse tipo de coisa.

 

@maltoni @renatacorrea @henriquem85 @zemacedopr

Uma publicação compartilhada por Lea T (@leat) em


Enrico Celico publicou uma nota que ele diz ser de "esclarecimento". Ele afirma que tudo não passou de uma brincadeira e ficou se auto-elogiando, pelo seu bom senso de humor. Acusou a "militância" e "certos grupinhos" de atacar suas piadas e disse que o post que fez tinha apenas a intenção de "entreter a galera".

Por contas das críticas que sofreu por "levar alegria às pessoas", o empresário assume que respondeu a elas de forma dura:


"Tendo ouvido tamanhos absurdos, dei minha resposta no último video de uma forma um tanto quanto agressiva e bizarra e por isso peço desculpas aos que se sentiram ofendidos, mesmo sabendo que essas mesmas pessoas que me atacaram, não terão a mesma decência de se retratar", defendeu-se ele.

Rosangela Lyra, mãe do empresário estaria inconformada com as atitudes do filho. A ativista política é eleitora fiel de Geraldo Alckmin, abomina fake news e não quer nem ouvir falar de Jair Bolsonaro. Segundo matéria da Veja, Rosangela têm falado aos amigos o quanto ela está decepcionada com o filho e se sente desolada com o comportamento dele.


Enrico apelidou a Mãe de Kim Jong-un e apoia abertamente o polêmico candidato do PSL, para a vergonha dela. Ele assegura não ser machista e acha que brincadeira não é ofensa. Para se justificar, ele usa a mesma desculpa daqueles que não reconhecem os direitos das mulheres:

"O mundo está ficando muito chato, e esse “politicamente correto” que vem crescendo em nossa sociedade tem ajudado pra isso, além de ser uma hipocrisia total”, declara.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Conselhos que os pais devem levar em conta na educação dos filhos para evitar fomentar o machismo