Filho de Bolsonaro sai em defesa de Anitta depois que a cantora foi bombardeada nas redes sociais

Celebridades

September 21, 2018 00:39 By Fabiosa

A cantora Anitta foi um dos nomes mais citados nas redes sociais e na imprensa na quarta-feira (20), mas desta vez não foi por causa de sua separação conjugal, nem de sua carreira e sim por seu silêncio.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por anitta 🎤 (@anitta) em

O fato de Anitta ser uma ‘apoiadora’ do movimento LGBT e de luta aos direitos das mulheres a deixou no meio do ‘olho do furacão’ por não ter se posicionado politicamente  contra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Patrícia Pillar se expõe nas redes sociais para defender ex-marido: "Eu nunca sofri nenhum tipo de violência por parte de ninguém"

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por anitta 🎤 (@anitta) em

A gota d’água foi quando a cantora - além de não ter se manifestado no movimento crescente de oposição nas redes sociais com a hashtag  #elenao e #elenunca - , Anitta foi vista seguindo uma pessoa que é apoiadora declarada do candidato.

Após ser massacrada pelas comunidades LGBT por meio da hashtag #AnittalsOverParty e defendida por #ForçaAnitta, a cantora resolveu se manifestar por uma série de posts em suas redes sociais, dizendo que é seu direito não querer opinar sobre política.

No Instagram, Anitta postou textão reforçando que é contra o ódio, a intolerância, a homofobia e o racismo e que qualquer coisa diferente disso não terá o seu apoio.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Essa sou eu. Eu sou contra a violência, contra a discriminação de qualquer espécie. Sou contra o ódio e a intolerância. Sou a favor da igualdade de gênero, contra a homofobia e o racismo. Defendo a liberdade do outro de decidir o que fazer com seu corpo. Através da minha arte tento contribuir com o que posso para vivermos num mundo melhor e mais igualitário. Anos de trabalho na minha carreira de cantora em que apoiei de diversas maneiras as idéias que acredito não vão ser apagados por não querer me envolver com política, pelo menos não para mim. Eu sou brasileira e quero que nosso país melhore assim como cada um de vocês. Eu nasci pobre e com muito esforço tenho conquistado meu caminho. Sofri por ser funkeira, favelada e ainda sofro por ser mulher. Eu não queria sofrer ainda mais com tanto ódio e ataques. Vivemos tempos difíceis e é esse o meu desejo. Qualquer coisa diferente do que citei acima não tem meu apoio, obviamente. Respeitem o próximo e suas decisões. Isso sim vai ajudar a sermos uma sociedade tolerante. Nós somos esse país.

Uma publicação compartilhada por anitta 🎤 (@anitta) em

Quando o assunto parecia se acalmar, o filho do candidato Jair Bolsonaro postou um vídeo saindo em sua defesa.

Ele faz uma acusação de ‘perseguição covarde’ a artistas que se posicionam publicamente a favor de Bolsonaro e disse que não conhece Anitta e não sabe a sua preferência político-partidária, mas deixou um recado incisivo: “Parem de ficar patrulhando a vida dos outros”. Veja o vídeo na íntegra:

Pelo visto esse rebuliço continuará dividindo opiniões. Qual a sua opinião a respeito?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sobrou até pra ela! Anitta sofre boicote por não se posicionar contra Bolsonaro