SBT e Record na mira da Justiça! Assim como a Globo, as emissoras são notificadas por falta de diversidade

Celebridades

June 9, 2018 00:48 By Fabiosa

A saia ficou justa bateu na porta do SBT e da Record! As duas emissoras receberam um ultimato do MPT (Ministério Público do Trabalho) na quarta-feira, 06 de junho, pelo mesmo motivo que a rival carioca, a Globo, foi notificada pela Justiça. 

 

Uma publicação compartilhada por SBT (@sbtonline) em

Antes de dar tempo dos telespectadores acharem que a Rede Globo estava sendo perseguida, a Justiça já se adiantou e enquadrou as duas estações pelo mesmo motivo que deu o que falar na novela global que passa no horário nobre da TV. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: “Será que a moda pega?” Seu Jorge comemora seus 48 anos com um vestido impecável

O problema recorrente é a falta de representação racial nos programas. 

 

Bastidores do @domingoshow! 👀 O contador de histórias em ação 🎬🎥 #DomingoShow #RecordTV

Uma publicação compartilhada por Record TV (@recordtvoficial) em

O portal UOL divulgou que o MPT deu o prazo de 1 mês e meio tanto para o SBT quanto para a Record para dar uma resposta.

As notificações são focadas justamente nas novelas e quadros de diversas programações nas duas emissoras, que não atendem às exigências legais.

A porteira para o Ministério Público se abriu a partir da novela da Globo Segundo Sol, que apesar de se passar na Bahia (onde mais de 80% da população se considera negra), contou com pouquíssima diversidade racial na escolha dos atores.

A emissora foi intimada a providenciar um elenco com representatividade mais equilibrada e está correndo atrás do prejuízo.

Fonte: Marie Clarie

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Belos, famosos e com mais de 50 anos: galãs coroas que ainda mexem com o coração dos fãs