Renovado, Netinho vai às lágrimas após lembrar de duas tentativas de suicídio, estado de coma e três AVCs

Como não lembrar de Milla, sucesso do cantor Netinho, que animou tantos carnavais pelo Brasil? Com esse e outros hits, o baiano construiu uma carreira de 30 anos de muitos fãs, prêmios, dinheiro e fama internacional.

Porém, chegou um momento em que essa animação de décadas foi interrompida e deu lugar a dores no corpo e na alma. Desde então, o cantor de axé ficou, ao todo, dois anos internado. Em entrevista ao Programa do Porchat, Netinho aproveitou para desmentir as falsas notícias que surgiram enquanto ele ficou afastado e emocionou o público ao falar sobre sua superação.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro) em

Em 2013, Netinho se submeteu a uma cirurgia devido a complicações hepáticas causadas pelo uso de anabolizantes. Ao entrar em coma, o baiano foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde permaneceu por seis meses. 

Os problemas no fígado também causaram três acidentes vasculares cerebrais (AVC), que o fizeram perder a memória. Quando acordou, ele sabia quem era, mas não lembrava de nada do que tinha acontecido. Entre as sequelas pós-cirurgias, o artista ficou com tontura constante atípica, chamada de desorientação espacial. "Não posso bater a cabeça porque tenho uma válvula no cérebro", revelou. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro) em

Um ano depois de sair do hospital, baseado na previsão dada por seu neurologista quanto ao tempo necessário para que sua tontura passasse, Netinho resolveu fazer um show no Rio de Janeiro para anunciar que voltaria a cantar. Porém, ele passou mal após se apresentar, tentou se suicidar duas vezes e ficou mais seis meses no Sírio-Libanês para tratar a depressão.

Netinho contou que, de início, ele não aceitava o fato de estar depressivo e jogava fora o remédio que recebia das enfermeiras. O artista só se curou após ser ajudado por uma amiga de Portugal, que o fez entender que a depressão era uma doença e que, portanto, deveria ser tratada.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro) em

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Após enfrentar graves problemas de saúde, Netinho acusa médico de prejudicá-lo

Agora, ele conta isso com naturalidade por entender a importância de falar desse mal, incentivar as pessoas que sofrem com essa condição a buscar tratamento e alertar os parentes a ficarem atentos. 

Quem tem depressão, muitas vezes não aparenta nada, foi o meu caso. Eu morava com Cris, minha amiga, ela não notou que eu estava depressivo. Naquela época, eu fui ao Google pesquisar a maneira de me matar sem sentir dor

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro) em

Hoje, ele é grato por tudo o que passou e garante que vive o período mais feliz da sua vida. Foi esse tempo de internação que lhe proporcionou o maior aprendizado que ele poderia ter.

Deus me tirou do vuco-vuco e me botou na escola de novo. Na escola da vida. Tudo na minha vida mudou, tudo foi ressignificado

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netinho (@netinhooficialbrasileiro) em

Aos 52 anos, voltou a correr e não trabalha mais no mesmo ritmo de antigamente, mas continua cantando. Netinho não gravou mais nenhuma música desde sua primeira internação, mas, recentemente, compôs a canção mais especial de seu repertório, a que retrata sua vitória sobre a depressão. Ele cantou um trechinho dela no programa, emocionou todo mundo e foi às lágrimas:

"Eu choro de emoção porque só sabe quem passou. Entendo muita gente fazer besteira, porque eu quase fiz, mas sobrevivi. Então essa música é para dar força para as pessoas para que elas superem esse momento, porque todo mundo pode. Eu consegui, todo mundo pode", concluiu Netinho.

Fonte: Programa do Porchat / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ficção ou realidade? Cantor Netinho afirma que história de novela da Globo é sua: “Beto Falcão sou eu”

Recomendamos