Depois de tanto escândalo, Família Real monta operação para calar pai de Meghan Markle

Em entrevista ao The Mail, no domingo (26), Thomas Markle afirmou que não fala com a filha há 10 semanas, desde o casamento de Meghan e Harry, e até hoje não conheceu o genro pessoalmente.

De acordo com ele, esse “gelo” é puro castigo por ele ter contratado paparazzis para fotografá-lo dias antes da cerimônia, com o objetivo de melhorar sua imagem e fazê-lo parecer bonzinho.

Inside Edition / YouTube

"Ela se tornou a mulher que é hoje graças a tudo que fiz por ela. Eu costumava ter um número para ligar e enviar mensagens diretas à Meghan, mas desde que critiquei o fato da família real querer afastá-la de mim, me cortaram", declarou o homem de 73 anos, que ainda meteu a Lady Di nessa história, dizendo que ela reprovaria esse tipo de atitude.

Good Morning Britain / YouTube

O diretor de fotografia chegou a afirmar que, no próximo ano, o casal terá um bebê, lamentando que não verá seu neto caso continue sem falar com a filha. Depois, ele garantiu que não vai se calar e disparou:

Eu me recuso a ficar quieto. O que me irrita é o senso de superioridade de Meghan. Ela não seria nada sem mim. Eu fiz dela a Duquesa que ela é hoje. Tudo o que Meghan é, é graças a mim.

Today / YouTube

Sobrou até pra Rainha Elizabeth II, que foi insultada de graça por Thomas, quando ele soltou: "Hoje em dia, quem se importa com uma coroa caindo aos pedaços?".

Mas a parte mais chocante da entrevista foi o momento em que ele disse que "para ela, seria melhor se eu morresse. Todo mundo teria mais simpatia por ela". 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Não tá fácil! Pai de Meghan Markle dá entrevista polêmica e declara: "Seria melhor para ela se eu morresse"

Diante de tudo isso, surge o questionamento: como a família real está lidando com essa língua solta de Thomas e as ofensas disparadas por ele? Bem, até agora, a família real permaneceu calada. Desde o casamento de Meghan e Harry, ninguém da realeza britânica deu um pio sobre esse assunto. 

Porém parece que a Família Real cansou de ver seu nome envolvido em escândalos e criou uma equipe anticrise para lidar com o pai da ex-atriz. Agora, o que estão dizendo por aí é que os assessores reais já fizeram várias reuniões para discutir a melhor forma de calar o pai de Meghan. Segundo o Mirror, eles estão considerando três opções:

1. Meghan falar com seu pai cara a cara e pedir que ele a deixe em paz;

 

2. Mandar um intermediário para se encontrar com Thomas e apelar para que ele pare de fazer essas ofensas;

3. Meghan continuar ignorando o pai na esperança de que ele se cale um dia, mas a situação é tão precária que ninguém sabe quando isso acontecerá.

Existe ainda a possibilidade de a própria rainha intervir nesse show de barbaridades, é o que afirma o comentarista Phil Dampier, que escreve sobre a família real há 26 anos.

Um detalhe curioso dessa história é que a notícia surgiu poucos dias antes do aniversário de Meghan, que faz 37 anos no dia 4 de agosto. Será que eles temem que Thomas aproveite a data para jogar mais uma de suas bombas? 

Fonte: The Mail

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pai de Meghan Markle afirma que filha não está feliz na Família Real! Entenda como ele chegou a essa conclusão: