Casal Clooney doa R$ 376,7 mil para  uma entidade que defen

CELEBRIDADES

Casal Clooney doa R$ 376,7 mil para  uma entidade que defende os imigrantes menores de idade nos Estados Unidos

Date June 22, 2018 21:56

Diante das estarrecedoras imagens que chocaram o mundo em que aparecem crianças pequenas separadas de seus pais e aprisionadas em celas, George Clooney e sua esposa, Amal Clooney, doaram US$ 100 mil - R$ 376,7 mil para uma entidade que defende os imigrantes menores de idade.

A política de imigração de Donald Trump, chamada de "Tolerância Zero", começou a separar as crianças de seus pais e as imagens que tocaram e revoltaram o mundo todo também emocionou o casal Clooney, que tem gêmeos de apenas 1 ano de idade.

 

A "Young Center for Immigrant Children's Rights", associação que luta pelo direito de crianças imigrantes, informou, na última quarta-feira, ter recebido a doação dos Clooney em nome de sua fundação, a "Foundation for Justice".

 

O casal, que já é conhecido por apoiar causas sociais - Amal é uma grande advogada dos direitos humanos, soltou um comunicado à imprensa expressando sua indignação com a política do presidente e explicando sua posição quanto aos acontecimentos.

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Política de Trump para imigrantes ilegais nos EUA, responsável por separar menino autista de avó, gera indignação na primeira-dama

"Haverá um momento em que as crianças nos perguntarão 'É verdade que o nosso país separou os filhos de seus pais e os levou para centros de detenção?', e quando dissermos que sim, que é verdade, nos perguntarão o que fizemos, o que dissemos, que posição tomamos. Não podemos mudar a política do governo, mas podemos ajudar a defender suas vítimas", dizia a nota.

 

Outras celebridades como Oprah Winfrey, Ellen DeGeneres, J.K. Rowling, Madonna e Katy Perry, entre outros, também demonstraram sua indignação em suas redes sociais depois de testemunharem a ação de Trump.

 

Pouco tempo depois das imagens se espalharem pelo mundo gerando revolta, o presidente dos Estados Unidos assinou uma ordem para acabar com separação de famílias de imigrantes, no entanto, segundo a imprensa internacional, a situação parece não ter mudado e segue bastante complicada.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: O empresário admira assistentes sociais e decide doar 25 milhões de dólares para a educação deles