Cissa revive dia em que perdeu Rafael, seu filho, em publicação de cortar o coração!

CELEBRIDADES

Cissa revive dia em que perdeu Rafael, seu filho, em publicação de cortar o coração!

Date July 21, 2018 01:19

Parecia uma noite como outra qualquer, mas depois daquela terça-feira, dia 20 de julho de 2010, Cissa Guimarães, a apresentadora que era nacionalmente conhecida pelo seu bom humor, alto astral e principalmente, pelo seu sorriso, nunca mais riria da mesma forma.

Há oito anos a apresentadora perdia seu filho, Rafael Mascarenhas, e como toda mãe bem sabe, é como perder um pedaço de si. Na sexta-feira, 20 de julho de 2018, ela fez uma publicação no Instagram, relembrando ao mundo que é impossível esquecer o seu filho caçula.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Explosão de fofura! Filhas de Natália Guimarães e Leandro do KLB fazem ensaio fofo vestidas de coelhinhas da Páscoa e os papais se derretem

E pode ter certeza que é uma das homenagens mais lindas que você verá hoje:

 

Hoje, há oito anos atrás, mataram meu filho Rafael. Não! Não mataram. Não mataram meu filho nunca, porque ninguém nunca conseguirá matar um filho meu. Rafael hoje celebra 8 anos de sua passagem para uma Luz muito maior, uma Luz infinita. 8 representa Infinito, Eternidade e potencial Divino. RECRIAÇÃO Hoje celebramos 8 anos de Eternidade de sua Sagrada Missão. 2018, 8 anos, não me importa se o 8 está deitado ou em pé, nós estamos sempre firmes na Eternidade do Amor Maior, deitados no Amor Maior que nos conduz à Paz. Obrigada meu filho Rafael Eternamente Amor e Gratidão pelo Aprendizado e pela Evolução Salve Rafael, nosso Rafael, imenso demais para ser só meu. #rafaelmascarenhas #rafiusk #anjorafael #amoreterno #muitaluzpranós

Uma publicação compartilhada por Cissa Guimarães (@cissaguimaraes) em

 

A famosa derreteu o coração de todos que viram a publicação. Mães, principalmente as que já tiveram a dolorosa experiência de ver seus filhos irem antes do tempo, por conta de uma tragédia, fatalidade ou mesmo por causa de um crime, sabem bem o quanto a publicação da celebridade veio do fundo da alma.

Cissa destaca que Rafael está vivo! "Rafael hoje celebra 8 anos de sua passagem para uma Luz muito maior, uma Luz infinita. 8 representa Infinito, Eternidade e potencial Divino. RECRIAÇÃO Hoje celebramos 8 anos de Eternidade de sua Sagrada Missão", escreveu com amor.

E fazendo referência ao símbolo do infinito (), falou sobre os oito anos: "2018, 8 anos, não me importa se o 8 está deitado ou em pé, nós estamos sempre firmes na Eternidade do Amor Maior, deitados no Amor Maior que nos conduz à Paz".

 

Autum with Rafa #rafaelmascarenhas #rafiusk #autumnyc #nyc

Uma publicação compartilhada por Cissa Guimarães (@cissaguimaraes) em

Os internautas deram todo o apoio à declaração de Cissa e a abraçaram, comovidos:

 

 

 

 

 

Emocionante, mesmo!

O crime que tirou a vida do filho de Cissa

Por uma coincidência até um pouco cruel do destino, o nome da pessoa que tirou a vida do filho de Cissa é também Rafael. 

Rafael Bussamra atropelou e matou o rapaz que tinha o nome de batismo idêntico ao seu. Ele foi condenado, seis anos após o crime (2016) a três anos de serviços comunitários por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

O túnel, local em que o crime ocorreu, fica situado no bairro da Gávea no Rio de Janeiro.

O filho da apresentadora estava andando de skate no túnel (interditado para manutenção) e foi surpreendido por dois carros, que entraram no túnel na hora do atropelamento. Eles entraram em alta velocidade no trecho proibido. O Siena KXR-0394, dirigido por Rafael Bussamra, acertou o filho da famosa pelas costas e o arremessou a uma distânia de 60 metros.

Rafael Mascarenhas tinha 18 anos. Era filho de Cissa Guimarães com o músico Raul Mascarenhas. Ele ainda foi levado com vida para o hospital Miguel Couto, no Leblon, também na Zona Sul. Mas, não resistiu.

O nome do local é Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, em homenagem ao jovem.

Fonte: Caras

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Cissa Guimarães deixa o programa “É de Casa” temporariamente para fazer uma cirurgia, mas há quem diga que o motivo do afastamento foi outro