Personagem Paty, da turma do Chaves, faz revelação curiosa durante entrevista no Brasil

CELEBRIDADES

Personagem Paty, da turma do Chaves, faz revelação curiosa durante entrevista no Brasil

Date July 23, 2018 15:42

De tempos em tempos, algum programa do SBT convida algum dos personagens (vivos) do seriado Chaves, clássico da emissora de Silvio Santos. Só que na maioria das vezes, esses convites se resumem nos personagens Kiko e Seu Barriga.

 

Hoje comemoramos o Dia do Amigo e Internacional da Amizade! *-* Essa data foi primeiramente adotada em Buenos Aires, na Argentina, através de um Decreto. Aos poucos passou a ser comemorado em outras partes do mundo, e hoje quase todos os países festejam esta data. Ela foi criada pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro. Com a chegada do homem à lua, em 20 de julho de 1969, ele enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países e idiomas com o intuito de instituir o Dia do Amigo. Febbraro considerava a chegada do homem a lua "um feito que demonstra que se o homem se unir com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis". Ainda sobre o Dia do Amigo: Em 27 de abril de 2011, durante o sexagésima quinta sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, dentro do tratamento da "Cultura de paz", se reconheceu "a pertinência e a importância da amizade como sentimento nobre e valioso na vida dos seres humanos de todo o mundo" e decidiu-se designar como Dia Internacional da Amizade o 30 de julho, em concordância com a proposta original promovida pela Cruzada Mundial da Amizade. A iniciativa foi apresentada conjuntamente por 43 países (incluindo o Brasil e quase todos os países sul-americanos), e foi aceita unanimemente pela Assembleia Geral. No entanto, o Brasil também vem adotando a data de 20 de julho, sendo inclusive instituída oficialmente em alguns estados e municípios. #BomDia #BuenosDías #Chespirito #Chespirotadas #RobertoGómezBolaños #ElChavoDelOcho #Chaves #DiaDoAmigo #Amizade #Amistad #Parabéns

Uma publicação compartilhada por Chespirotadas (@chespirotadas) em

Trata-se de Ana de la Macorra, que interpretava a Paty. A atriz, que está em visita ao Brasil, relembrou várias situações curiosas, ao longo de sua participação no seriado mexicano, que é exibido no país desde 1980.

Durante sua entrevista, a Paty afirmou que ela acabou fazendo parte do elenco por acaso, porque ela fazia parte da produção do programa.

De acordo com a atriz, sua entrada aconteceu depois que Roberto Bolaños, e idealizador do seriado e ninguém menos do que o Chaves, escreveu três episódios em que chegavam personagens novos.

Foi nessa época que ela estava fazendo uma série de entrevista com atrizes, para o papel da Paty, mas nenhuma delas tinha o perfil necessário da personagem.

O próprio Bolaños então interviu e perguntou para Ana se ela não queria tentar. A jovem recusou, mas depois de muita insistência acabou topando e conseguiu o papel.

Depois do “boom” em sua carreira como artista, Ana esperou a poeira baixar e voltou a trabalhar como psicóloga.

A decisão de sair do seriado partiu dela mesma. Segundo Ana, a experiência foi boa, mas ela queria ter uma vida menos cheia de câmeras à sua volta.

Deu certo!

Fonte: Metropolitana FM

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: "Para garantir", Luiza Possi decide casar duas vezes com seu marido!