Kevinho se emociona e compartilha história de fã que é um

CELEBRIDADES

Kevinho se emociona e compartilha história de fã que é um exemplo de superação!

Date August 22, 2018 23:29

Kevinho tem uma legião de fãs que seguem e curtem seu trabalho. No entanto, na terça-feira, dia 21, Kevinho mostrou para seus seguidores nas redes sociais que um deles havia chamado a sua atenção. Ele compartilhou a história da estudante Isabela Fialho, 20 anos, que superou todas as dificuldades que um cadeirante precisa enfrentar.

 

Aonde falta show do Kevinho? ❤️

Uma publicação compartilhada por Kevinho (@kevinho) em

Encontro com o ídolo

 

Essa menina aqui é a @belafialho e segundo ela, é a única pessoa que chora com “Olha a explosão” 😂 ela foi vítima de dois erros médicos, ficou paralisada da altura do peito pra baixo e por isso ficou 5 meses direto internada, sendo 50 dias em UTI. No dia que recebeu alta e estava indo pra casa, o namorado dela (Que está no vídeo) colocou “Olha a Explosão” pra tocar e por um momento, esqueceu tudo que tinha acontecido e começou a dançar no carro, muito feliz e MUITO otimista. E a mãe e o namorado que estavam junto começaram a chorar (quem foi que disse que funk não emociona?! 😂). Ali ela sabia que estava pronta pra enfrentar tudo que estava por vir. E a música marcou um momento muito importante e inesquecível na vida dela. No sábado cumpriu com o que já sabia, me contou a história e ainda dançou em pé! Enfim... Acredite em Deus, pois ele é maravilhoso e é o Senhor dos milagres ❤️

Uma publicação compartilhada por Kevinho (@kevinho) em


Em seu Instagram, Kevinho relatou que Isabela havia dito para ele que chorava quando ouvia sua música "Olha a explosão", mesmo sendo um funk dançante. O ídolo contou que a estudante tinha sido vítima de dois erros médicos, o que resultou em paralisia dos membros inferiores. A moça chegou a ficar 50 dias internada na UTI e ainda teve que passar cinco meses no hospital.


Em seu relato, Kevinho fala do dia em que Isabela recebeu alta do hospital. O namorado da estudante colocou a música "Olha a explosão" para tocar em sua volta para casa. Qual não foi a surpresa da mãe e do namorado quando a garota resolveu esquecer dos seus problemas e começou a dançar no carro! Ela fez todos chorarem com sua garra e otimismo frente as dificuldades.

 

Sorte grande 💚💛💙

Uma publicação compartilhada por Isabela Fialho (@belafialho) em


Isabela disse que foi neste momento que percebeu que estava pronta para o que viesse pela frente e que aquela música havia marcado um momento importante em sua vida. Kevinho diz que se encontrou com a moça no sábado, dia 18, e ficou sabendo da história dela pela própria. Ele disse ter ficado surpreso por tamanha força ao presenciar Isabela dançando de pé em sua frente.


Os internautas ficaram tocados com a lição de vida da moça, e elogiaram Kevinho pela sua atitude generosa:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Golaço de solidariedade: Firmino doa 286 mil reais e financia tratamento para dois irmãos com doença rara

"Historia linda e q vai servir de exemplo pra aqueles q não admira a vida. Tô emocionado. 😪", chorou um fã; "Que lindo seu jeito de tratar as pessoas em sua volta ❤😍", se derreteu outro; "Linda sempre acredite nos seus sonhos não desiste daquelas pessoas que você mais ama", aconselhou um seguidor; "Parabéns por ser essa pessoa maravilhosa😍😍 por isso sou sua fã..Teu coração é de ouro", afirmou outro.

Solidariedade


Não é a primeira vez que Isabela Fialho emociona o publico com sua história de vida. Ela já foi destaque ao promover uma festa em um abrigo com o dinheiro da venda de chocolates. Em março, a jovem fez campanha entre os amigos e a família para que comprassem seus bombons e conseguisse juntar dinheiro para comemorar a páscoa junto com outros cadeirantes como ela.

Isabela começou a vender os chocolates ainda no ano passado e conseguiu arrecadar 1,5 mil reais para o festejo que aconteceu no Abrigo Esperança, com a presença de 50 pessoas com deficiências físicas e mentais de baixa renda. A campanha fez tanto sucesso que Isabela também conseguiu trazer para a festa apresentações de taekwondo, música ao vivo, maquiadoras e um coelho da Páscoa fez a alegria dos presentes.


Isabela Fialho estuda publicidade e propaganda em uma faculdade particular e cursa comunicação organizacional na Universidade de Brasília (UNB). Em 2016, ela foi submetida a uma cirurgia plástica, mas uma anestesia mal aplicada danificou um de seus nervos. Dois meses após o ocorrido, outro médico acabou deixando suas pernas paralisadas depois de passar um cateter de forma errada.

A estudante continua com sua venda de chocolates e precisa ir todos os dias para a fisioterapia e hidroterapia. Mesmo com todos seus problemas, ela não deixa de pensar nas pessoas que estão em situações mais delicadas que a sua:

“Agora, estou em uma cadeira de rodas e, depois do que eu passei, pretendo fazer de tudo o tempo inteiro para ajudar quem também passa por isso. Eu tive a sorte de ter condições de me tratar, mas eles [os moradores do abrigo] não têm. São pessoas com deficiência física e mental que foram abandonadas pela família”, lamentou a jovem.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Em uma lição de humanidade e solidariedade, enfermeira e comunidade transformam terreno baldio em parquinho sustentável