Família gasta herança de mais de 1 milhão de reais em 9 meses e agora pede ajuda ao governo para não ficar sem casa

A família Caradeuc - que mora na ilha de Guernsey, pertecente à coroa Britânica - teve uma mudança drástica em suas vidas. Tudo porque uma grande quantia em dinheiro surgiu de repente e eles não souberam lidar com ela.

Keith Caradeuc, de 53 anos, teve uma grande surpresa depois da morte do pai. Ele e o irmão herdaram sua propriedade, e a venda dela trouxe para os bolsos de cada um nada mais nada menos que 250 mil euros, que convertidos para nossa moeda, resultam em cerca de 1 milhão reais.

Os Caradeucs foram logo tratando de comprar tudo que tinham vontade. Foram três carros de luxo, algumas motos, uma casa maior e várias cirurgias plásticas para a esposa, Tania Caradeuc, de 42 anos.

logoboom / Shutterstock.com

Tania fez lipoaspiração, cirurgia de redução do estômago além de ter retirado o excesso de pele, resultando num gasto de mais de 100 mil reais.

Ela diz que tudo foi ideia do marido e que, apesar das pessoas reagirem negativamente a isso, não foi fácil para ela passar por todas essas intervenções cirúrgicas.

S_L / Shutterstock

No entanto, todo o dinheiro se foi, deixando eles sem nada até mesmo para pagar o aluguel. Por causa disso, o casal tentou na justiça conseguir uma casa social para morar, algo similar ao projeto “Minha casa, Minha vida” do país deles. As autoridade locais negaram o pedido depois que a avaliação alertou que eles haviam ficado milionários em menos de um ano.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: As dicas da Neurociência para guardar dinheiro

Keith e Tania estão muito indignados com a decisão. Os dois alegam que não podem trabalhar devido a deficiências físicas e desordens emocionais. Eles são pais de duas crianças, sendo que uma delas sofre de uma doença rara. Eles já recebiam pensão do Estado por causa da menina.

O casal alega não ter dinheiro para pagar o aluguel da casa pra onde eles se mudaram depois da bolada que ganharam. Keith trabalhava como entregador mas sua esposa diz que ele não tem mais condições de fazer o serviço, pois passou por uma cirurgia no cérebro.

Photographee.eu / Shutterstock.com

O porta-voz da Segurança Social de Guernsey falou que a escolha de inquilinos para o programa que distribui moradias a baixo preço é feita de forma justa:

Whatchara Ritjan / Shutterstock.com

“Em termos gerais, quando os inquilinos das casas sociais ganham uma quantia substancial de dinheiro, normalmente por meio de herança, eles são requisitados a se retirar destas residências. Nós nos comunicamos claramente com esses inquilinos e informamos a eles o tempo necessário para que eles se acomodem em outro lugar”, esclareceu ele.

Fonte: Daily Mail, Express, The Sun

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 6 coisas com as quais os ricos não gastam