Diretora de serviço de adoção francesa causa indignação

Diretora de serviço de adoção francesa causa indignação após declarar que casais homossexuais devem adotar crianças “diferentes”

Família & Crianças

June 21, 2018 14:16 By Fabiosa

O sonho de adotar um filho parece estar sendo dificultado para homossexuais na França. É o que mostra o discurso de Pascale Lemare, diretora do serviço de adoção. A declaração polêmica de Pascale foi dada em um programa de rádio e gerou revolta.

A pergunta da apresentadora do programa sobre a possibilidade de um casal homossexual adotar uma criança de três meses foi respondida de uma forma impressionante pela entrevistada. “Há pais que correspondem melhor aos critérios”, disse Pascale.

DGLimages / Shutterstock.com

Mas os absurdos não pararam por aí. “Os casais do mesmo sexo são ‘atípicos’ em relação à norma biológica e social”, ela disse. A situação ficou ainda mais “desconfortável” quando Pascale resolveu citar quais crianças seriam ideais para adoção no caso de pais homossexuais.

Monkey Business Images / Shutterstock.com

Segundo ela, os pais do mesmo sexo que estejam realmente interessados em adotar, deveriam optar por crianças “diferentes”. Foi nesse momento que a apresentadora do programa pediu que a entrevistada se explicasse.

Monkey Business Images / Shutterstock.com

A diretora não se abalou e respondeu sem nenhum rodeio. “menores que ninguém queria... muitas pessoas não aceitam adotar crianças deficientes, mais velhas, ou com problemas psicológicos graves”, disse Pascale.

Monkey Business Images / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ratinho diz que continua sofrendo com repercussão de vídeo polêmico criticando a presenca de homossexuais nos programas da concorrente:“Apanho até hoje”

O presidente do serviço de adoção local se manifestou contra a declaração da diretora, declarando que a orientação sexual não é um critério de avaliação para os futuros pais no processo de adoção.

Cineberg/ Shutterstock.com

As declarações de Pascale revoltaram a comunidade LGBT local. Vários grupos manifestaram repúdio ao comportamento de Pascale alguns afirmaram que entrarão com processo contra a diretora do serviço de adoção.

Monkey Business Images / Shutterstock.com

Antes mesmo da entrevista, a rádio recebeu depoimentos confirmando a atitude da diretora para a seleção de pais. “Ela nos disse que se quiséssemos dar continuidade ao processo, era preciso estar pronto para receber uma criança diferente, grande ou com problemas de saúde”, dizia um casal de mulheres.

Africa Studio/ Shutterstock.com

Todos aguardam quais serão as providências tomadas contra a diretora e a melhoria no processo de adoção da região.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Professora processa escola por ser afastada após ter mostrado aos alunos uma foto dela com sua companheira e caso gera repercussão nos Estados Unidos