Inspiração: a história da mulher sem ovários que conseguiu ter cinco filhos!

As pessoas consideram a adoção por diferentes razões. Seja uma deficiência física que os impede de carregar uma criança, problemas de infertilidade, ou doenças que poderiam ser transferidas para o bebê.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Essa família sabia desde o começo que não se importaria de onde seus filhos viriam. Heather Crockett Oram não podia ter um bebê por conta própria, porque seus ovários foram removidos em uma idade muito jovem. Quando ela conheceu seu futuro marido, chorou ao revelar essa amarga verdade para ele.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Adoção: por que parece ser tão difícil e demorado adotar uma criança?

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Mas o homem ofereceu-lhe o melhor apoio possível e o casal resolveu se inscrever para adoção. Jason já tinha dois filhos de relacionamentos anteriores, e Heather não podia estar mais feliz por ser mãe.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Ela nunca poderia esperar receber mais três meninos na família. No começo, encontraram uma garota grávida não muito longe de casa. Compartilhando sua experiência com LoveWhatMatters, a mãe relembrou:

Nós nos abraçamos e ela nos mostrou os ultrassons de um bebezinho. Ele então começou a chutar e ela me fez sentir sua barriga.

Ela então nos perguntou se adotaríamos seu bebê e o amaríamos para sempre. Jason e eu choramos de soluçar no meio de uma lanchonete. Ficamos em completo choque.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Eles adotaram o pequeno Andy, que nasceu em 30 de outubro de 2017, apenas três semanas depois daquele encontro. Heather foi a primeira a pegá-lo e colocá-lo em seu peito!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Eles ficaram mais felizes com esse rapazinho, mas 3 meses depois, correram para outro estado para encontrar seu segundo filho. A mulher disse que continuou em contato com mulheres grávidas que pensavam em dar o bebê para adoção.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Uma delas enviou-lhe um ultrassom e disse que podia confiar neles.

Fiquei lá segurando meu bebê de 3 meses e ela me mandou fotos de uma ultrassonografia do bebê crescendo em sua barriga. Eu fiquei sem palavras. Mas eu também sabia. No fundo eu sabia.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Heather e Jason voaram para o Missouri para conhecer a mãe. Ela já tinha três filhos. Eles assistiram o pequeno nascimento de Ellis, e Jason chegou a cortar o cordão umbilical.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Heather ficou feliz em testemunhar o belo momento e beijar as mãozinhas de seu novo filho segundos depois de ele nascer.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Um tempo depois, o filho mais velho da mãe biológica de Ellis, Sean foi visitar seu pequeno irmão. Eles se conectaram imediatamente e o menino ficou por ali mesmo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

Essa família agora é abençoada por ter cinco filhos e, embora Heather não tenha dado à luz a nenhum deles, todos a chamam de mãe.

Adoção é uma coisa incrível. Por causa do maior sacrifício de uma mulher e decisão altruísta, eu me tornei mãe.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Heather Crockett Oram (@heathercrock) on

O mais incrível é que eles têm uma adoção aberta e mantêm contato com os pais de Andy e Ellis, que lhe dão paz interior, e uma chance de expressar gratidão por terem dado a Heather a chance de ser mãe. Nada se compara à grande felicidade de ser mãe!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: A história da mãe que perdeu dois bebês, mas ganhou um anjinho pela adoção