Batalha contra as drogas: jovem de 15 anos morre após sofrer reações adversas de substâncias desconhecidas

Família & Crianças

June 29, 2018 15:09 By Fabiosa

A jovem Hannah Bragg pode ter sido mais uma jovem vítima das drogas. A estudante de apenas 15 anos, adorável e amada por todos, pode ter perdido a sua vida por conta de uma subtância até então desconhecida, mas que os policiais desconfiam ser algum tipo de droga.


Hannah ficou repentinamente doente depois de uma festa de comemoração pelo fim dos exames. A jovem foi parar no hospital no sábado à tarde, mas acabou não resistindo e faleceu logo em seguida. Além dela, outro jovem, de 14 anos, que também parece ter tomado a tal substância, permanece no hospital em estado grave.

Ursula Ferrara / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Garota de 20 anos que arrancou seus próprios olhos fala sobre sua experiência para conscientizar outras pessoas

Hannah era uma campeã de saltos à cavalo e muito querida por todos. Após sua morte, todos ficaram comovidos e as homenagens vieram de vários lugares. Amigos e familiares montaram um memorial em homenagem à jovem, onde todos permanecem em vigília por ela. 


Os membros do Clube do Pônei, do qual ela fazia parte, também a homenagearam. Ela foi lembrada pela sua educação, gentileza e pelo seu talento. Hannah participou de várias competições nas quais representou a equipe, com seu pônei Micky, e chegou até mesmo a ser premiada como a melhor cavaleira do grupo em 2016.


Os membros do grupo resolveram arrecadar fundos para fazer uma doação aos serviços de ambulâncias aéreas que socorreram Hannah naquele triste dia.
 

Esportista nata, Hannah também foi homenageada pela equipe de rugby e pelos colegas do colégio onde cursava o segundo ano. A escola inteira ficou de luto e os colegas enviaram mensagens de apoio aos pais da adolescente. Os estudantes também compareceram ao memorial e cantaram canções em homenagem à Hannah. Os jovens foram às lágrimas e se abraçaram ao lembrarem da amiga.

Os policiais acreditam que os dois jovens sofreram uma reação adversa após tomarem a tal substância que ainda não foi identificada. Profissionais coletaram a amostra e os testes já estão sendo realizados. Agora, eles acreditam que as atenções devem ser redobradas com os jovens e afirmam que permanecerão nos arredores da escola durante um tempo. 


Os oficiais alertam a importância dos pais conversarem com seus filhos sobre drogas desde cedo, principalmente quando iniciam o ensino médio, já que ali eles entram em contato com jovens mais velhos que podem já ter envolvimento com drogas. A triste tragédia serve, então, como alerta para os outros pais, para evitar que casos tristes como o de Hannah se repitam.

Fonte: Mirror

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Abuso infantil: casal forçou filho de 11 anos a praticar atos sexuais junto com eles para evitar que menino “virasse gay"