Chifre valioso! Amante vai pagar mais de 33 mil reais de ind

Chifre valioso! Amante vai pagar mais de 33 mil reais de indenização para marido traído pro causa de lei do século 18!

Família & Crianças

August 5, 2018 23:33 By Fabiosa

"Lei da alienação do afeto". Foi essa legislação ultrapassada, vigente em apenas seis estados americanos, que deu a Keith King o direito de receber uma indenização de US$ 9 mil (aproximadamente R$ 33,8 mil) do amante da sua ex-mulher.

O caso aconteceu no estado de Carolina do Norte. Keith era casado com Danielle, com quem tem uma filha de cinco anos e os dois trabalhavam juntos, em uma empresa de eventos BMX. 

A mulher conheceu Francisco Huizar em 2015, num evento que o casal promoveu em Nova Iorque e, desde então, passou a trair o marido com o rapaz. A paixão foi tão intensa, que o amante chegou a alugar um quarto próximo da residência onde o casal vivia, apenas para ficar mais perto da amada.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Guru de relacionamento afirma em novo livro que uma traição pode fortalecer o casal

Segundo o 'corno' revelou no tribunal, ele descobriu a traição logo no início. Pois notou que Danielle recebia várias ligações de um número que desconhecia. 

Ele chegou até mesmo a atender uma das ligações, se identificando como marido de Danielle e pedindo que o amante não a procurasse mais. O que não deu nada certo. 

Pouco depois, a esposa saiu de casa e foi morar num apartamento com o amante. Foi quando tudo só piorou! 

Um dia, Danielle ligou para Keith pedindo ajuda com problemas domésticos, mas ele surtou ao chegar ao local e perceber que ela morava com Huizar.

Em um vídeo que viralizou na internet, o marido traído grita com os dois e logo se inicia uma briga. 

Nas imagens, que foram usadas como prova pela defesa Keith no tribunal, o amante tenta contê-lo pelo pescoço. 

A sentença proferida pelo juiz diante do caso teve como base a "Lei da alienação do afeto", uma legislação dos séculos 18 e 19, época em que a esposa era quase uma "propriedade do marido". 

Para aplicar a lei, é preciso que os advogados provem que antes da traição, havia amor no casamento. No caso dos King, a advogada de Huizar chegou a tentar afirmar que o marido de Danielle era controlador e manipulador, mas não deu outra! O juiz foi favorável ao corno! 

Francisco Huizar foi declarado culpado por "atos criminosos (vide, adultério), alienação de afeto, infringir sofrimento emocional intencionalmente, infringir angústia emocional negligentemente, ataque e agressão", e condenado a pagar dívida. 

A defesa dele ainda não sabe se vai recorrer. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Russa descobre traição de marido através de foto do Instagram