Chifre valioso! Amante vai pagar mais de 33 mil reais de ind

FAMÍLIA & CRIANÇAS

Chifre valioso! Amante vai pagar mais de 33 mil reais de indenização para marido traído pro causa de lei do século 18!

Date August 5, 2018 23:33

"Lei da alienação do afeto". Foi essa legislação ultrapassada, vigente em apenas seis estados americanos, que deu a Keith King o direito de receber uma indenização de US$ 9 mil (aproximadamente R$ 33,8 mil) do amante da sua ex-mulher.

O caso aconteceu no estado de Carolina do Norte. Keith era casado com Danielle, com quem tem uma filha de cinco anos e os dois trabalhavam juntos, em uma empresa de eventos BMX. 

A mulher conheceu Francisco Huizar em 2015, num evento que o casal promoveu em Nova Iorque e, desde então, passou a trair o marido com o rapaz. A paixão foi tão intensa, que o amante chegou a alugar um quarto próximo da residência onde o casal vivia, apenas para ficar mais perto da amada.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Guru de relacionamento afirma em novo livro que uma traição pode fortalecer o casal

Segundo o 'corno' revelou no tribunal, ele descobriu a traição logo no início. Pois notou que Danielle recebia várias ligações de um número que desconhecia. 

Ele chegou até mesmo a atender uma das ligações, se identificando como marido de Danielle e pedindo que o amante não a procurasse mais. O que não deu nada certo. 

Pouco depois, a esposa saiu de casa e foi morar num apartamento com o amante. Foi quando tudo só piorou! 

Um dia, Danielle ligou para Keith pedindo ajuda com problemas domésticos, mas ele surtou ao chegar ao local e perceber que ela morava com Huizar.

Em um vídeo que viralizou na internet, o marido traído grita com os dois e logo se inicia uma briga. 

Nas imagens, que foram usadas como prova pela defesa Keith no tribunal, o amante tenta contê-lo pelo pescoço. 

A sentença proferida pelo juiz diante do caso teve como base a "Lei da alienação do afeto", uma legislação dos séculos 18 e 19, época em que a esposa era quase uma "propriedade do marido". 

Para aplicar a lei, é preciso que os advogados provem que antes da traição, havia amor no casamento. No caso dos King, a advogada de Huizar chegou a tentar afirmar que o marido de Danielle era controlador e manipulador, mas não deu outra! O juiz foi favorável ao corno! 

Francisco Huizar foi declarado culpado por "atos criminosos (vide, adultério), alienação de afeto, infringir sofrimento emocional intencionalmente, infringir angústia emocional negligentemente, ataque e agressão", e condenado a pagar dívida. 

A defesa dele ainda não sabe se vai recorrer. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Russa descobre traição de marido através de foto do Instagram