Exemplo! Menina de 6 anos arrecada mais de 200 brinquedos para outras crianças carentes!

Muitos pais pensam muito em como ensinar os filhos a ter mais solidariedade e entender melhor que a realidade de outras pessoas e crianças é bem diferente daquelas na qual cresceu. Pode parecer uma coisa bem difícil de conseguir, especialmente quando estamos falando de crianças muito pequenas, mas saiba que nada é impossível e às vezes uma simples conversa basta para ‘abrir os olhos’ do seu filho.

Exemplo disso é a história da Valentyna, uma menina de apenas 6 anos que inspirou várias pessoas a iniciarem uma corrente do bem para arrecadar brinquedos para crianças carentes no Dia das Crianças.

Tudo começou quando ela, assim como qualquer outra menina da sua idade que cresça numa realidade boa, em uma família com condições de lhe dar tudo que deseja, pediu de presente uma boneca de R$ 300.

Mesmo tendo condições para comprar o brinquedo, a advogada Ilidia Silvia, mãe de Valentyna resolveu ter uma conversa franca e explicar o quanto o presente era caro. Para facilitar a compreensão, ela disse que outras crianças não conseguiam ganhar brinquedos até mais simples, porque seus pais não podiam pagar.  “Eu mesmo não tinha quando era da idade dela”, disse em entrevista ao Yahoo Notícias.

Depois de ouvir a mãe, Valentyna resolveu que doaria alguns brinquedos seus, mas a mãe foi mais criativa e propôs que elas comprassem dois brinquedos para doar. De novo, a menina surpreendeu ao anunciar que presentear apenas duas crianças era muito pouco. Queria mais!

“Na hora, vi que era uma excelente ideia e decidimos lançar a ‘corrente do bem desafio da amizade’ na rede social”, contou Ilidia. Funcionava assim: cada pessoa envolvida se encarregava de comprar dois brinquedos e alguma guloseima, que seriam doados para crianças carentes. E deu certo! Em apenas duas semanas, elas arrecadaram 200 brinquedos e distribuíram num evento com direito a trampolins e muito sorvete no Dia das Crianças.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Ela reuniu todos os seus brinquedos em um bazar e deu uma lição de solidariedade

A ação que partiu de Valentyna é, sem dúvida alguma, uma importante lição de empatia e solidariedade com o próximo que poucas crianças têm.

Assim como ela, a pequena Ana Clara Zuchinali, de 10 anos, também promoveu uma importante doação de brinquedos para crianças da escola de sua irmã mais nova.  “Minha irmã estuda nesta escola e ficamos sabendo que muitas crianças não ganham brinquedos nem no aniversário. Isso me chamou atenção e quis fazer algo para poder ajudar”, contou para o site da Revista W3.

A ideia surgiu quando ela e a mãe, que vendem lanches juntas, passaram em um comércio com uma caixa que pedia doações de brinquedos. Muitas pessoas poderiam ter ignorado o objeto, mas ele chamou muita atenção da Ana, que teve um pensamento bem incomum para uma menina tão nova. “(...) pensei em todos os brinquedos que nem brinco mais. Falei com minha mãe que eu queria doar, mas mais do que isso, que iria arrecadar mais com outras pessoas”, narrou.

Depois de arrecadar centenas de brinquedos, ela fez a entrega e ficou extremamente feliz com o resultado, pois, como faz questão de ressaltar: “Adoro ver outras pessoas felizes”.

Perto de tanta desigualdade e desumanidade no mundo, atos como os da Valentyna e da Ana Clara podem ser pequenos, mas ainda assim são uma pontinha de esperanças e sensação de um mundo melhor. Se ensinarmos nossas crianças a serem solidárias e empáticas, vamos ter conquistado muito.

Fonte: Yahoo Notícias, Revista W3

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Garoto de 8 anos gosta tanto de ler que monta feira de livros na calçada de casa e de quebra estimula outras crianças à leitura

Recomendamos