Anônimas e famosas que venceram a batalha! Veja histórias emocionantes de superação contra o câncer de mama

Chegou o Outubro Rosa e além da conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce outra coisa é muito importante também: as histórias de vida de mulheres que conseguiram derrotar esse inimigo tão temido.

Seja a mulher anônima, seja ela famosa, a guerra contra o câncer de mama é uma batalha particular, dolorida, cheia de receios, mas é no olho desse furacão que elas mostram o força que possuem! Os exemplos que vamos mostrar, são história de verdadeiras heroínas; mulheres que mostram para você, como a garra, a coragem e principalmente a vontade de viver fazem toda a diferença!

É importante ressaltar que esse mês as mulheres se vestem de rosa para conscientização e superação do câncer de mama. O Outubro Rosa é mais que tradição, é um movimento que visa diminuir os índices desse problema que é diagnosticado em uma mulher a cada 10 segundos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Esse truque pode ajudar a prevenir o câncer de mama

As cidades e capitais no pais já estão sendo decoradas na cor rosa, com iluminação e decoração em igrejas, shoppings, hospitais, instituições em geral para que nunca deixemos de lado a importância da luta contra o câncer de mama.

E é exatamente esse o apelo que Rosimeire Rodrigues faz!

1. A Agente Comunitária de Saúde Lutadora

"Ouvir o diagnóstico médico dizer: 'você está com câncer' não é fácil. Mas, o melhor é ouvir ele dizer: 'o seu câncê está na fase inicial e tem 100% de cura'", conta Rosimeire, uma agente de saúde que havia feito mamografia, uma prevenção dois meses antes e mesmo assim reforça: "Gente, não deixem de fazer a prevenção! O médico me disse: 'Rose, é assim mesmo, a gente dorme sem um câncer e acorda com um!"

Rose fez seis quimioterapia, 30 radioterapias, uma mini cirurgia (sem a necessidade de remover o seio) e depois a notícia maravilhosa: "Rose, você está curada!". E usando seu exemplo de vida, a agente de saúde pede para não desanimar e batalhar sempre!

Acompanhe a história de Rose e acredite na cura, mas principalmente, na prevenção:

E o segredo de Rose para se recuperar da doença foi um só: tratamento mais fé!

Foi a fé que também deu forças para Beth.

2. Ela perdeu a mãe, o esposo perdeu o emprego, a filha se machucou, mas ainda assim ela uniu forças para vencer o câncer

A vida de Beth não foi fácil, mas ela nunca desistiu. Dizem que quando uma notícia ruim vem, ela nunca anda sozinha e está sempre acompanhada. Quando recebeu o diagnóstico de que estava com um câncer de mama, Beth levou um susto. Uma prima havia lutado anos a fio contra a doença e sucumbiu no final. Quando o médico disse que ela precisaria fazer quimio mesmo depois da doença, ela ficou quase sem chão.

Mas, mesmo com medo, com as forças retidas por causa do tratamento, Elizabeth Moretti retirou forças do impossível e recorreu à fé! 

Em quatro meses de luta, a mãe - melhor amiga de Beth - se foi.
Nessas 16 semanas, o esposo dessa guerreira perdeu o emprego.
Foram nesses 120 dias que a filha machucou o joelho numa cirurgia e emergência.

Seria impossível, mas Beth encontrou forças para continuar! O diagnóstico em maio de 2015 foi promissor, pois o médico disse que as chances eram altas, porque a doença estava em fase inicial.

Uma cirurgia de emergência, quatro sessões de quimioterapia e 19 de rádio depois, muita luta, cabelos caídos, mesmo sem poder ir ao velório da própria mãe (por estar com a imunidade baixa), Beth venceu!

Ela é um exemplo de que as mulheres são incrivelmente fortes e que podem tudo, inclusive viraro jogo contra o câncer de mama - principalmene com diagnóstico precoce.

3. As Roses e Bethes famosas também lutaram e venceram

A cantora Elba Ramalho descobriu em 2010 um nódulo em seu seio durante uma prevenção. Por sorte, não era maligno, mas ela passou a alertar suas fãs sobre a importância do exame periódico.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Elba Ramalho (@elbaramalho) em

A atriz Patrícia Pillar sofreu um tipo agressivo da doença, conhecido como Doença de Paget. Era como se a a famosa tivesse as auréolas do seio lesionadas e crustosas o tempo todo. Com cirurgia e tratamento, a atriz venceu o câncer e sempre orienta as mulheres a fazerem o autoexame e sempre se prevenirem.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Patricia Pillar (@patriciapillar) em

E não é apenas as famosas nacionais que sofrem com o problema. Mulheres são mulheres no mundo inteiro e a atriz Christina Applegate também foi diagnosticada com câncer em uma das mamas. Ela optou por uma mastectomia antes que espalhasse e com o tratamento posterior, conseguiu eliminar a doença. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Christina Applegate (@1capplegate) em

A voz suave e melodiosa da cantora Kylie Minogue sofreu um susto em 2005, quando ela foi diagnosticada com a doença. A artista não demorou e fez uma cirurgia de mastectomia parcial. Foram três anos de quimio e rádio até ela se recuperar totalmente!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🌞

Uma publicação compartilhada por Kylie Minogue (@kylieminogue) em

Mulher! Nunca desista e sempre se previna! Seja uma Rose, uma Beth, uma Patrícia, uma Elba, um Kylie e nunca desista de si mesma! É extremamente importante que faça o autoexame e se qualquer carocinho te chamar a atenção, vá ao médico!

Fonte: EOnline, Cose, TV Guaporei - Record Pontes e Lacerda / YouTube

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Atenção, mulheres! Caroço no seio sempre significa câncer de mama?

Recomendamos