Os médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos

Os médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísico

Inspiração

December 25, 2018 17:05 By Fabiosa

Lucas Gabriel Barbosa Santos mora na Santa Casa de Misericórdia em São Paulo há 18 anos. Internado no hospital desde que tinha 2 anos de idade, Lucas não teve a oportunidade de ir para a escola como as outras crianças, mas agora, ele comemora um feito em sua formação educacional.

Quando completou 1 ano de idade, os médicos o diagnosticaram com uma anomalia genética rara, a doença de Pompe, que causa paralisia nos músculos. Eles afirmaram para Joana Paula Aleixo dos Santos, mãe dele, que o menino só viveria até os 4 anos de idade.

Os médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoOs médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoOs médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoChinnapong / Shutterstock.com

Porém, Lucas Gabriel desafiou a medicina e acaba de completar 20 anos. Com sua capacidade intelectual intacta, o rapaz dependia de voluntários para ter aulas dentro do hospital, mas nem sempre havia pessoas disponíveis para o serviço.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Pacientes adolescentes de um hospital não puderam participar do baile de formatura de suas escolhas, então o hospital teve uma ideia fantástica!

Os médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoOs médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísico-

Muito dedicado aos estudos, Lucas Gabriel sensibilizou um grupo de 9 estudantes de medicinas, que passaram a dar aulas para o jovem no intervalo da hora do almoço. Em apenas 4 meses, ele conseguiu fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências (Encceja) e garantir seu diploma do ensino fundamental, surpreendendo seus professores:

“Eu já passei por um processo seletivo difícil, que é o do vestibular para Medicina, mas o que ele fez foi fantástico! Em quatro meses, recebeu o conteúdo que estudantes normalmente recebem ao longo de quatro anos.”, admirou-se Lucas Maschietto Boff, 21 anos, um dos voluntários que prepararam Lucas Gabriel para a prova.

O exame prestado pelo jovem é organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e tem o objetivo de proporcionar aos brasileiros que não puderam concluir seus estudos na idade certa a oportunidade de alcançar o tão sonhado diploma .

Os médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoOs médicos diziam que ele não viveria até os 4. Hoje, aos 20, Lucas Gabriel Barbosa comemora certificado e sonha em ser astrofísicoZetar Infinity / Shutterstock.com

Lucas Gabriel foi o único no país a fazer o Encceja em 2018 dentro de um hospital. Apesar das dificuldades e da rotina complicada do lugar, o rapaz não se deu por vencido e conseguiu superar as expectativas de todos. Ele é ou não é uma pessoa inspiradora?

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Gal Gadot surpreendeu crianças com câncer em um hospital ao aparecer vestida de Mulher-Maravilha