Este garoto da favela da Rocinha não aguentou ver a famíli

INSPIRAÇÃO

Este garoto da favela da Rocinha não aguentou ver a família passando necessidade e fez um pedido emocionante para um vendedor de balas

Date 24 de setembro de 2018

O país passa por uma crise econômica muita séria, que reflete no aumento do número de pessoas que vivem na pobreza. O trabalho infantil é uma triste realidade que só cresce, levando muitas crianças a procurarem algum meio de ganhar uma renda para sobreviverem junto às suas famílias.

Este é o caso do menino Ruan, de apenas 11 anos. Ele é morador da favela da Rocinha, localizada na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Certo dia, o garoto se aproximou do vendedor ambulante Balrogue dos Santos para fazer uma pergunta que tocou o coração do homem.

Segundo o vendedor de doces, Ruan teria perguntado a ele, o que poderia fazer para conseguir vender balas também. Surpreso, Balrogue quis logo saber se a criança frequentava a escola.

O menino, que vestia o fardamento de seu colégio, confirmou que estava estudando, mas só tinha aulas pelas manhãs. Por isso, ele queria aproveitar o seu tempo livre para trabalhar e ajudar a mãe e a irmã pequena nas despesas da casa.

undefined© Fox News / YouTube

Balrogue não conseguiu segurar as lágrimas com a história daquele pobre menino. Apesar das dificuldades, tudo o que Ruan queria era trabalhar para ajudar a família. O ambulante então se dispôs a ajudá-lo com as balas, comprou um pacote das guloseimas para ele e mostrou ao garoto como embalá-las.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Grupo de meninas se reúne para arrecadar dinheiro e ajudar as crianças mais pobres

undefinedGita Kulinitch Studio / Shutterstock.com

O vendedor continuou muito emocionado com o relato da criança, que disse que não podia ficar mais, pois havia passado o dia inteiro na rua, mas prometeu que voltaria ali amanhã, assim que acabassem suas aulas. Balrogue conta que ficou de coração partido com essas palavras.

Ruan é um garoto que, apesar da pouca idade, já passou muito sofrimento nesta vida morando na comunidade pobre, porém só pensa em melhorar de vida. O ambulante criticou as pessoas que se voltam para o mundo do crime, reclamando que não tem oportunidades de trabalho, enquanto aquele menino não pensou duas vezes antes de escolher o caminho honesto para conseguir uma renda.

undefinedAnnotee / Shutterstock.com

Os internautas ficaram comovidos com a atitude do rapazinho e deixaram seus comentários nas redes sociais:

"Tenho certeza q ele vai conseguir tudo nessa vida", assegurou uma.

"Continue assim Ruan, que vc vai longe! É de pessoas assim quê o mundo está precisando!!! Ir luta honestamente! Deus abençoe 👼👼👼👼🤩😘", parabenizou outra.

"Muito bom saber que existe pessoas que ainda luta e corre atrás de oportunidade independente das origem e de qualquer circunstância guerreiro 👏👏👏👏👏👏🍀🍀", comentou uma seguidora.

Este garoto de 11 anos deveria somente se voltar para os estudos e para as brincadeiras com os amigos, mas a realidade de Ruan é bem mais dura. Ele é um exemplo e um orgulho para sua família, uma vez que não foi atrás de se envolver com coisas erradas para suprir as injustiças que viveu.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Robin Hood: Restaurante usa dinheiro de ricos para alimentar pobres