“Cromossomo do amor”: disse o padre peruano ao adotar um bebê com Síndrome de Down no dia em que completou 51 anos

Inspiração

June 2, 2018 17:31 By Fabiosa

Independente de religião, algumas pessoas demonstram uma fé incondicional e conseguem sentir gratidão por tudo o que acontece em suas vidas. Esse foi o caso do padre Omar Sanches Portillo.

No dia de seu aniversário, o padre estava comemorando seus 51 anos quando recebeu um presente inusitado: um bebê com Síndrome de Down, abandonado pela mãe.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Excêntrico? Homem perde parte do rosto e um olho para tratar de um câncer que o deixou com 10% de chance de vida

O bebê chegou com dois meses de vida e foi batizado com o nome de Ismael. Assim que foi abandonado pela mãe, foi acolhido pelo padre na Casa da Associação das Bem-Aventuranças, em Lima, Peru.

Ao receber o presente, o padre não se mostrou surpreso nem assustado ao se deparar com um bebê com apenas dois anos sob seus cuidados.

Pelo contrário. Ele demonstrou gratidão e expressou essa emoção em seu Facebook: “Obrigado pelo presente que Jesus me deu no meu aniversário! Você nunca deixa de me surpreender, Jesus. Bem-vindo Ismael! Trazer você de Cusco foi uma aventura, a primeira de muitas. Cromossomo de amor, síndrome de Down”.

Apesar de conhecer a identidade da mãe, o padre em nenhum momento condenou a atitude dela, compreendendo que ela não teria condições de criar a criança.

Em entrevista para a imprensa local, ele explicou que a mãe foi até o hospital para dar a luz, fruto de uma gestação difícil. “Uma garota de 17 anos, alcóolatra e com esquizofrenia”, disse o padre.

O Padre é conhecido na região após ter criado e fundado a Associação das Bem-Aventuranças, que apoia com ações e oferece alimentação para adolescentes e idosos com deficiência. Só no ano passado, a Associação recebeu 60 pessoas e abriga mais de 200.

Fonte: Só Notícia Boa

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Promessa para o futuro: jovem de 23 anos impressiona ao criar sistema de limpeza de oceanos