Conheça os sintomas e os riscos do Lúpus, a doença que at

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Conheça os sintomas e os riscos do Lúpus, a doença que atinge principalmente as mulheres no Brasil

Date May 15, 2018 22:57

Uma doença perigosa está sendo retratada nas telas da televisão. O Lúpus atinge milhares de brasileiros e as mulheres são as mais acometidas pela doença. Com a repercussão da doença com o caso da personagem de Débora Bloch na série Onde Nascem os Fortes, o debate sobre os perigos do Lúpus ganharam força.

bleakstar / Shutterstock.com

O Lúpus é uma doença autoimune. Sua ação acontece no sistema imunológico, fazendo com que o sistema de defesa do corpo ataque suas próprias células saudáveis. O resultado é uma inflamação crônica que passa a afetar vários órgãos. A pele pode apresentar manchas e irritação, os cabelos começam a cair e a pessoa passa a se sentir cansada e sem ânimo para realizar qualquer atividade.

Em alguns casos, os sintomas podem ser ainda mais graves. A pessoa pode ter febre, derrames nas articulações, pulmões coração e até convulsões. Existem dois tipos da doença, o Cutâneo, onde algumas manchas aparecem pelo corpo nas partes mais expostas ao sol, e o Sistêmico, quando os órgãos internos são acometidos pela doença, podendo gerar fortes dores nas articulações.

namtipStudio / Shutterstock.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Selena Gomez e 4 outras celebridades que sabem tudo sobre a luta de viver com lúpus

No Brasil, os casos são mais frequentes entre as mulheres. Suspeita-se que uma mulher para cada grupo de 1.700 tenha a doença. O tratamento para o Lúpus envolve além da medicação, um controle rigoroso da exposição ao sol. A pessoa deve evitar a exposição aos raios UV e sempre aplicar proteção solar, mesmo em dias nublados. Exercícios, dieta e exames constantes para avaliar a evolução do tratamento, também são parte da rotina dos portadores de Lúpus.

9nong / Shutterstock.com

Nem todos os portadores da doença apresentam os mesmos sintomas, por isso é muito importante procurar ajuda profissional assim que notar alguma das reações causadas pela doença.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Estudo afirma que paciente com lúpus têm mais chances de desenvolver doenças mentais


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.