Os problemas da prisão de ventre e como tratar e evitar este mal naturalmente

Saúde e Estilo de Vida

July 17, 2018 15:29 By Fabiosa

Quem nunca passou alguns dias sem ir ao banheiro e acabou sofrendo os efeitos da prisão de vente como inchaço e dor abdominal, que atire a primeira pedra. Acontece que a este mal pode se tornar um problema sério se não for tratado, chegando até a causar o surgimento de transtornos mais graves. 

Voyagerix / Shutterstock.com

A constipação é um distúrbio que afeta a mobilidade intestinal e é caracterizada por uma diminuição na frequência dos movimentos intestinais. Em si, é mais um sintoma do que uma doença. É caracterizada porque a pessoa que sofre tem menos de três evacuações por semana. Também pode estar associada a fezes endurecidas ou com dificuldade e dor para evacuação, bem como a uma sensação de não ter esvaziado completamente o intestino. 

 

via GIPHY

A prisão de ventre não é caracterizada como um transtorno grave, mas pode causar muito desconforto e até mesmo influenciar o nosso bem-estar e qualidade de vida. Conhecer os sintomas e as causas da constipação pode nos ajudar a entender melhor o que nosso corpo está nos dizendo e encontrar a solução mais adequada para recuperar nosso ritmo intestinal normal. 

O problema ocorre quando não se está eliminando as fezes com a frequência normal. As fezes ficam duras e secas, e é difícil evacuá-las. Surge então os inchaços e dor na barriga ou a pessoa pode ter que se esforçar ao tentar ir ao banheiro. 

Kittisak Jirasitticha/Shutterstock.com

 

Podemos categorizar os tipos de constipação de acordo com a sua duração no tempo. A constipação ocasional ou aguda é de curta duração e começa de repente. Geralmente está relacionada a uma causa específica, como uma viagem, alterações hormonais ou mudanças na dieta. Este tipo de episódios acaba desaparecendo após alguns dias e pode ser tratado corrigindo a causa, aumentando o consumo de fibras ou aliviando o problema com a ajuda de um laxante. 

Já a constipação crônica é quando os sintomas persistem por mais de 3 meses, então suas causas podem ter origens diferentes, portanto deve-se atendar aos riscos para que não se desenvolva doenças inflamatórias, principalmente no intestino, como a Doença de Cromo, cada vez mais comum atualmente. 

Estima-se que quando uma pessoa não vai ao banheiro se acumule de 2 a 10 quilos de fezes em seu intestino grosso, o que é perigoso para a saúde podendo levar até mesmo a causar câncer. Por isso é preciso fazer uma desintoxicação intestinal. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Alerta! Secadores de mão sugam coliformes fecais do ar e jogam de volta na sua mão

 Dentre as principais causas do problema estão dieta inadequada e pobres em fibras e nutrientes além do consumo de alimentos industrializados e açucares assim como estresse, sedentarismo e até alguns medicamentos como antidepressivos, por exemplo.

Como se livrar do incômodo?

Beber muita água é a principal solução juntamente com o consumo de alimentos que contenham fibras, Mas Atenção, ao consumir grandes quantidades de fibra sem ingerir a dosagem de água suficiente cria-se uma massa endurecida que altera o trânsito intestinal, portanto hidrate-se bem. 

 

Nitrub / Shutterstock.com

- As verduras e vegetais que são ricos em magnésio, são ótimas fontes de fibras alimentares além de frutas e cereais integrais; 

- O limão melhora muito o processo digestório além de alguns chás como o de Ruibarbo, de carqueja e o milagroso chá de sene;

- Alguns sucos digestivos são excelentes para se livras dos sintomas como o de laranja com mamão e as vitaminas laxativas como a de iogurte com linhaça e meio mamão batidos no liquidificador; 

- Caminhadas e praticar atividades físicas são armas poderosas para evitar o surgimento desde mal além de evitar álcool e alimentos processados, industrializados com glúten e farinhas refinadas iram garantir um alivio para o bom funcionamento do seu intestino.

 

Pshevlotskyy Oleksandr / Shutterstock.com

 

Não se esqueça de buscar um profissional em caso de sintomas graves ou quando sentir necessario o auxilio médico para resolver o problema.

 

Fonte: Tua Saúde, Tnh1

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 7 remédios naturais que irão te ajudar a aliviar a constipação