O amor cura? Médica desiste de suicídio assistido depois que um ex-namorado insistiu para que ela lutasse pela vida

A história da médica Letícia Franco fala de tristeza e de doença, mas também fala de amor.

Letícia Franco, hoje com 37 anos, conheceu o empresário Guilherme em 2007, no consultório onde a médica oftalmologista atendia.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Depois de perder sua casa, enfrentar a pobreza e terríveis dores de cabeça, jovem consegue entrar na Faculdade de Harvard

Guilherme foi seu paciente e após um tratamento complicado na retina e mesmo depois de curado, ele continuou procurando a médica e eles se apaixonaram, mas Letícia estava com uma viagem marcada para Boston dali a dois meses para um período de dois anos de estudo e resolveu se afastar de Guilherme para não ter que fazer uma triste despedida.

Dez anos depois, Guilherme havia se casado com outra pessoa e se separado e Letícia chegou a ficar noiva, com casamento marcado, quando descobriu que sofria de uma doença rara autoimune e autoinflamatória degenerativa conhecida como “Asia”, que atinge músculos e pele.

Além das dores nas articulações e nos músculos, Letícia começou a ter paradas respiratórias e chegou a parar na UTI mais de 30 vezes. Depois de procurar por todos os tipos de tratamentos e ter posições médicas de que não havia cura e nem a morfina de quatro em quatro horas estavam amenizando o sofrimento, Letícia tomou uma decisão.

Ela conversou com os pais e decidiu passar pelo suicídio assistido na Suíça. Já tinha enviado todos os documentos e o procedimento havia sido aprovado. Foi então que a médica resolveu anunciar nas redes sociais.

Guilherme viu a mensagem da decisão de Letícia nas redes sociais, chorou e foi atrás de Letícia. Depois disso e depois que a mãe não teve mais coragem de acompanhá-la na Eutanásia, Letícia mudou de ideia e decidiu lutar, mesmo sem ainda ter encontrado a cura para a doença.

O depoimento comovente de Letícia falando e sua escolha pela vida pode ser visto nesse vídeo:

Fonte: BBC

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: “Como se fosse a primeira vez”! Mulher acorda de coma com a memória de quinze anos atrás e descobre que tem um segundo marido