Óleo de Rícino ou óleo de côco: quem sai na frente como o maior aliado de beleza das mulheres?

Saúde e Estilo de Vida

July 25, 2018 16:51 By Fabiosa

Seja loira, morena, com os fios cacheados ou mais lisos, curtos ou compridos. Toda mulher toma o maior cuidado com os cabelos e, por isso, está sempre em busca de produtos que possam ajudar a dar mais vida aos fios e também mantê-los hidratados e bonitos. 

Ollyy / Shutterstock.com

Claro que fazer tudo isso, às vezes, exige gastos no salão de beleza ou com produtos caríssimos que prometem deixar os fios com cara de novos e saudáveis. Felizmente, muitas dicas e itens para cuidar dos cabelos são mais baratos e fáceis. É o caso do uso de óleos que auxiliam no crescimento, hidratação, acabam com pontas duplas e ainda fazem os fios crescerem cada vez mais. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Alguns produtos naturais têm o mesmo efeito da prancha nos cabelos

No meio de uma infinidade de produtos, dois se destacam: os óleos de coco e rícino. Ambos oferecem benefícios incríveis, têm baixo custo e ainda fazem um bem danado para todos os tipos de fio. Assim, fica até difícil escolher qual o melhor para seu cabelo, né? Primeiro, vamos conhecer um pouco mais de cada um. 

Óleo de Coco 

mypokcik / Shutterstock.com

Rico em vitaminas E, K e ácidos graxos, o óleo de coco também possui ferro e ômegas 6 e 9. Seu uso pode ser feito de várias formas. Aliás, ele é muito comum na cozinha e quem acaba adotando esse óleo como parte da alimentação garante que o resultado compensa! Além de melhorar a saúde e prevenir problemas de coração e até câncer, algumas pessoas ainda crêem que a ingestão do óleo de coco no lugar do açúcar pode ajudar no emagrecimento. E, além desses benefícios, ele também pode ser usado no cabelo e pele. 

Óleo de Rícino

SiNeeKan / Shutterstock.com

Extraído das sementes de mamona, o óleo de rícino também é composto dos ômegas 6 e 9, sais minerais e vitamina E. Além disso, ele também possui um elemento exclusivo: o ácido ricinoleico, que oferece uma série de benefícios para beleza e saúde dos cabelos e da pele. Suas propriedades ainda ajudam no tratamento de problemas de saúde, pois são anti-inflamatórias e antioxidantes. 

Qual o melhor para cada tipo de cabelo? 

Bom, agora que já conhecemos as propriedades de cada um dos óleos, hora de falar sobre qual é melhor para cada tipo de cabelo. Dessa forma, você não terá dúvidas quando chegar a hora de escolher um deles para investir. 

GPointStudio/ Shutterstock.com

O óleo de coco é ideal para mulheres com cabelos mais crespos ou mesmo aquelas que fazem alisamento, relaxamento ou usam chapinha todos os dias. Isso porque ele acaba com o ressecamento e a porosidade dos fios, problemas que afetam mulheres com esses tipos de cabelo. 

Já o óleo de rícino é o preferido das mulheres que acabaram de abandonar os fios lisos e estão passando pela transição capilar. Normalmente, para completar esse processo que vai dar o cacheado de volta à seus cabelos, a mulher precisa cortar grande parte dos fios. Esperá-los crescer novamente de forma natural pode ser um aborrecimento, por isso, o óleo de rícino auxilia no crescimento mais rápido do cabelo, além de também combate o ressecamento, a quebra de fios, as pontas duplas e, por fim, ajuda a hidratar os fios. 

Qual o melhor para tratamentos de pele?

O óleo de coco é conhecido por ajudar no tratamento de algumas doenças de pele, como dermatite, psoríase, eczema. Além disso, é indicado para pessoas com pele seca, já que suas propriedades dão mais oleosidade à pele e ainda retardam o aparecimento de flacidez e rugas. 

goodluz / Shutterstock.com

Já o óleo de rícino combate a acne e também é essencial para reduzir a oleosidade da pele. Ele também ajuda a diminuir rugas e marcas de expressão e alivia queimaduras solares. 

Principais cuidados 

Assim como os produtos, são necessários alguns cuidados para evitar mau uso dos dois tipos de óleo. De acordo com especialistas, o óleo de rícino pode ser usado normalmente por mulheres que têm tintura, descoloração ou mesmo que estão grávidas, pois não causa nenhum tipo de problemas. Mas é preciso estar atenta caso surja alguma alergia à substância.

Africa Studio / Shutterstock

Agora, o óleo de coco não é indicado para quem tem qualquer alergia à determinadas substâncias. Médicos ainda ressaltam que não existe uma quantidade segura para consumo. Por isso, é ideal não exagerar e consumi-lo em quantidades moderadas. 

Dá para usar os dois?

Os benefícios são tantos, que você com certeza chegou a se perguntar: Será que posso usar os dois óleos no cabelo? A resposta é sim! Mas fique ligada nas dicas: 

  1. Para os cabelos, passe o óleo de rícino na raiz e esfregue bem. Já o óleo de coco, use no comprimento e ponta dos fios; 
  2. Cubra os cabelos com uma touca e deixe a mistura agir por cerca de duas horas;
  3. Depois, lave com xampu sem sal para retirar os resíduos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Óleo capilar para tratamento dos fios: entenda qual é mais indicado para o seu cabelo


Este artigo é destinado apenas a fins informativos. Antes de usar qualquer uma destas informações, consulte um especialista devidamente habilitado. O uso das informações descritas acima pode ser prejudicial para a saúde. O conselho editorial não garante resultados e não assume qualquer responsabilidade por danos ou outras consequências que possam resultar do uso da informação fornecida acima.