Enxaqueca não é coisa de Deus! Descubra quais alimentos po

Enxaqueca não é coisa de Deus! Descubra quais alimentos podem melhorar e outros que podem piorar o sintoma

Saúde e Estilo de Vida

June 26, 2018 19:32 By Fabiosa

A cabeça lateja como se dentro dela tivesse um coração pulsando. Fica difícil olhar para a claridade ou manter os olhos abertos, sem contar as náuseas e a sensibilidade ao barulho.

Quem já sentiu algo parecido, bem-vindo! Esses são os sintomas da enxaqueca, que é algo muito pior do que uma simples dor de cabeça.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 5 benefícios do cardamomo: de enxaguante bucal a hidratante para cabelo, essa especiaria vem com força para ficar

A enxaqueca é diagnosticada quando a pessoa descreve ao menos dois desses sintomas em uma frequência de cinco crises entre 4 e 72 horas.

Algumas pessoas apresentam enxaqueca crônica, sendo responsável até por afastamento no trabalho, por precisarem parar qualquer atividade durante as crises.

O que muitos não sabem é que determinados alimentos podem ser os gatilhos de uma crise.

A melhor forma de descobrir é ir anotando tudo o que comeu antes da crise e observar quais alimentos podem ser desencadeadores.

No geral, recomenda-se evitar comidas condimentadas ou industrializadas que contenham glutamato monossódico que podem ativar a dor.

Além disso, embutidos e defumados não são aconselhados por conterem alta concentração de nitrito e nitrato, que são toxinas. Alimentos contendo aspartame também são provocadores de enxaquecas, entre eles estão os refrigerantes, gelatinas, sorvetes e balas diet.

Bebidas a base de cola e cafeína, vinho tinto, amendoim, queijos gordurosos, chocolates e alimentos com muitos hormônios e antibióticos, como o frango, também estão na lista.

Por outro lado, existem os alimentos benéficos, como os que contêm antioxidantes, como cenoura, gengibre, maçã e kiwi, os alimentos ricos em fibras integrais, castanha-do-pará e amêndoas.

Também são recomendados os alimentos ricos em vitaminas do complexo B, como as verduras na cor verde escura (agrião, couve, espinafre e escarola) e alimentos com magnésio, como aveia, agrião, ervilha, sementes e tomate.

Lembre-se sempre do ditado “nós somos aquilo que comemos”. Se o seu corpo está sinalizando dor, vale à pena repensar na alimentação.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Neurologista diz que o velho truque das rodelas de batata é eficaz para aliviar a dor da enxaqueca


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.