Bonitinha, mas perigosa! Entenda os riscos da depilação íntima total

Saúde e Estilo de Vida

June 21, 2018 14:01 By Fabiosa

Faz parte do sonho e do desejo de muitas mulheres ter a região íntima lisinha e totalmente depilada com aquela sensação de limpeza.

puhhha / Shutterstock.com

Por isso, cada vez mais as mulheres vêm buscando a depilação íntima total.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 6 dicas para uma depilação perfeita

Mas o que muitas pessoas se esquecem é que a natureza é sábia e tudo tem uma finalidade, e não podemos negar que os pelos de fato possuem uma função primordial de proteção.

Syda Productions / Shutterstock

Neste caso, a depilação íntima total pode deixar a região mais suscetível a diversos agentes externos, inclusive a DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Isso foi o que mostrou um estudo realizado por pesquisadores das Universidades da Califórnia e do Texas.

Africa Studio / Shutterstock.com

A pesquisa envolveu 7,5 mil americanas com faixa etária entre 18 e 65 anos e mostrou que aquelas mulheres que fazem a depilação íntima total foram as que mais sofreram com algum tipo de Doença Sexualmente Transmissível.

Africa Studio / Shutterstock.com

Eles relataram que as mulheres que retiram totalmente os pelos íntimos têm mais incidências de doenças como herpes e chatos (pediculose pubiana).

Por serem estudos recentes, ainda não é possível comprovar com 100% certeza que a depilação total possa ter sido a causa da incidência destas doenças.

Yuliya L / Shutterstock.com

No entanto, o procedimento pode gerar pequenas lesões na pele, além de foliculite, deixando a área mais exposta a doenças cutâneas e favoráveis para a entrada de microrganismos.

Alguns médicos discordam dessa teoria e dizem que a depilação não influencia na saúde íntima da mulher e o que mais importa é a higiene adequada, o uso de preservativos e os exames periódicos.

Além disso, o pelo produz uma oleosidade natural que lubrifica e hidrata a pele evitando o atrito da calcinha e do absorvente na pele.

Na dúvida, consulte o seu médico de confiança.

Fonte: WeFashionTrends

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Celebridades A depilação feminina começou na pré-história como um mecanismo de sobrevivência


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.