Saiba o que é e como surgiu a "regra dos 10 mil passos por dia"

Saúde e Estilo de Vida

May 16, 2018 14:13 By Fabiosa

Certamente você já ouviu falar da "regra dos 10 mil passos por dia", que diz que se uma pessoa dá 10 mil passos diariamente, irá melhorar consideravelmente sua saúde e sua qualidade de vida.

Simon Mayer / Shutterstock.com

Mas você sabe de onde saiu esse número?

A regra se tornou conhecida depois da invenção de um pedômetro (contador de passos) criado pelo médico japonês Dr. Yoshiro Hatano no anos 60, e que recebeu o nome de "manpo-kei", que em tradução literal, significa "contador de 10 mil passos".

A popularização do "manpo-kei" veio com as Olimpíadas de Tokyo em 1964 que incentivaram os japoneses a praticarem atividades físicas, e quando o Dr. Yoshiro comprovou que a quantidade de 10 mil passos era a ideal para queimar cerca de 20% das calorias ingeridas em um dia, o pedômetro ganhou o mundo e a regra dos 10 mil passos foi adotada por médicos e especialistas.

Timur Kulgarin / Shutterstock.com

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Impressionante! Americana conseguiu superar estado de obesidade com caminhada

Claro que hoje se sabe que a quantidade ideal de passos por dia vai depender do tamanho das pernas e o ritmo de cada pessoa, no entanto, aplicativos e pedômetros modernos ainda costumam indicar os 10 mil passos com meta diária.

Se pensarmos que os especialista recomendam que as pessoas pratiquem, pelo menos, 150 minutos de atividade físicas por semana, o que significa 30 minutos por dia, isso seria o equivalente a cerca de 7.500 passos diários, ou seja, a regra dos 10 mil passos ainda é válida.

E se você acha que a meta é inalcançável com a vida moderna que vivemos nos grandes centros, existem algumas dicas que podem te ajudar a chegar aos 10 mil passos. 

metamorworks / Shutterstock.com

Tente ir caminhando ao trabalho, usar as escadas normais em lugar das rolantes ou mesmo do elevador, mas lembre-se comece aos poucos e consulte um profissional de sua confiança antes de iniciar qualquer atividade física.

Fonte: Família.com.br

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Caminhar sem sair de casa: conselhos práticos


Este artigo é meramente informativo. Não se automedique e, em todos os casos, consulte um profissional de saúde certificado antes de usar qualquer informação apresentada nesta publicação. O conselho editorial não garante nenhum resultado e não assume qualquer responsabilidade por danos que possam resultar da utilização das informações constantes no artigo.