Você conhece a doença do envelhecimento prematuro? Saiba o que é a Progeria e qual a sua explicação

Saúde e Estilo de Vida

June 26, 2018 13:52 By Fabiosa

Você conhece a síndrome de Hutchinson-Gilford? A doença, também conhecida como Progeria, é rara e não tem cura. Sua ação é progressiva e age rapidamente na criança, normalmente nos primeiros dois anos de vida.

 

“Sonhe o quanto puder, realize sempre. Desistir jamais” Ana clara

Uma publicação compartilhada por Nj neymarjr (@neymarjr) em

A doença é genética, mas não é hereditária. Sua principal característica é o envelhecimento acelerado do corpo da criança. A doença foi citada pela primeira vez em 1886 por Jonathan Hutchinson.

Mas o nome mais influente sobre o assunto foi o de Hastings Gilford, que teve grande participação na busca pelo entendimento da Progeria.

A desordem genética da Progeria é tão rara que só foram identificados 130 casos em todo o mundo desde sua descoberta. A chance de uma criança nascer com a doença só acontece a cada 4 milhões de nascimentos.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: O pesadelo de aparentar mais idade tem uma causa e não é a genética: são as coisas que fazemos diariamente

Causas

A mutação genética que provoca a Progeria acontece no momento da formação do feto, na produção de uma proteína, a Lamin A. A formação do núcleo das células é afetada por esta proteína e o resultado é a morte prematura das células do corpo.

Sintomas

Nem sempre é possível identificar a doença logo nos primeiros meses de vida da criança. Mas os sintomas podem aparecer depois de um ano, com a perda de cabelos, o afinamento do nariz e lábios, olhos proeminentes e queixo pequeno. A pele da criança também pode apresentar um aspecto envelhecido.

Apesar de causar grandes alterações físicas, a doença não afeta a capacidade intelectual e motora da criança. O diagnóstico é feito por um especialista, observando os sintomas.

 

More awareness=more research help us get the word out about HGPS! #progeriaawareness #progeria #raregeneticdisorder

Uma publicação compartilhada por Progeria Awareness!! (@progeriaawareness) em

A doença não tem cura, mas existem tratamentos para diminuir e até retardar os sintomas. Também existe um medicamento usado no tratamento contra o câncer que ajuda a tratar as células danificadas.

Fonte: Minha Vida

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Fumo passivo, genética e poluição também aumentam incidência de câncer de pulmão