Ela pensou que a pequena mancha no nariz era inofensiva, mas na verdade se tratava de algo muito mais grave

A notícia de um câncer deixa qualquer pessoa abalada. É normal que a associação com a morte seja feita quando as pessoas ficam sabendo. Mas a situação pode ser ainda mais preocupante para uma mulher que está prestes a se casar.

Foi o que aconteceu com Joanne Wall, de 48 anos. Tudo estava preparado para seu casamento em setembro com Craig Middlebrook, de 49 anos. Mas uma pequena mancha no nariz transformou toda a empolgação de um casamento, em uma grande preocupação com a própria vida.

Joanne já tinha visto uma pequena mancha em seu nariz outras vezes. Ela chegava a espremer o ponto, pensando se tratar de um pelo encravado. Mas foi em uma consulta médica que ela descobriu o pior. A consulta foi marcada para falar de outro assunto, mas Joanne resolveu comentar com seu médico sobre a mancha.

Após examinar, o médico concluiu que não se tratava de uma mancha comum, e sim, câncer de pele. A notícias deixou Joanne devastada. Poucos meses antes de seu casamento, aquilo parecia o fim de tudo. Mas ela foi tranquilizada pelo médico, que afirmou não ser um caso muito grave.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Câncer de estômago: sintomas comuns e como preveni-lo

Depois de avaliar as opções, a cirurgia foi escolhida como a melhor forma de acabar com o câncer. Os resultados foram positivos e Joanne se livrou do problema. Mas agora ela tinha uma cicatriz no nariz. A cicatriz da cirurgia abalou sua confiança.

Ela lembra que uma pessoa na rua chegou a perguntar se ela havia sido mordida por um cachorro. Isso feriu ainda mais a autoestima de Joanne.

Mesmo com todos os problemas, ela afirma que tomou a decisão correta. Joanne conta que o apoio incondicional de seu parceiro foi muito importante para que ela tomasse a decisão de fazer a cirurgia. Agora eles se preparam para a cerimônia de casamento, que acontecerá em Setembro, na Turquia.

Fonte: Mirror

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Câncer de pâncreas: principais sintomas, fatores de risco e tratamento

Recomendamos