O WhatsApp é a rede social mais usada no Brasil, mas também é a mais perigosa. Veja 7 dicas de como proteger no aplicativo

A internet traz muita facilidade para nossa vida diária, mas também é a principal responsável pela falta de privacidade que ajudam bandidos a praticar uma série de golpes para conseguir dados pessoais, bancários e até senhas de usuários.

O popular WhatsApp é a rede social mais usada pelos brasileiros, de acordo com dados de uma pesquisa feita pelo CONECTAÍ, mas é, também, a mais perigosa e insegura de todas. 

As estimativas são de que o aplicativo que é sucesso em todo mundo, especialmente no Brasil, recebe 1,5 bilhão de usuários ativos mensais e 60 bilhões de mensagens de todas as partes do globo. Por isso, é necessário cuidado redobrado nas interações que a rede propõe. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Uma falha no Whatsapp pode mostrar com quem as pessoas conversam

Um artigo publicado pela IDG Now aponta que um dos principais problemas envolvendo o WhatsApp são os ataques de engenharia social. Ou seja, manipulação psicológica de pessoas para a execução de ações ou para que divulguem informações confidenciais e permitam acesso a sistemas, dados e senhas. Esse ataque tem por objetivo o acesso indevido a contas do aplicativo de mensagens.

Nadir Keklik/ Shutterstock.com

Assim, criminosos entram em contato com as vítimas e usam de diversos artifícios para conseguir o que desejam, seja se passarem por um amigo e pedir que repassem um código que chega ao celular e que servirá para desbloquear a senha do WhatsApp, seja pedindo que cliquem em links enviados, etc. 

Não só isso, como a simples ideia de pensar que alguém pode ter acesso à sua foto, número de telefone celular e outras informações somente pelo aplicativo deixam qualquer um nervoso. Por isso, reunimos 7 dicas preciosas que vão te manter mais seguro quando abrir o WhatsApp da próxima vez. 

1 - Não deixe que os outros percebam que você está online

Alex Ruhl / Shutterstock.com

Além das razões óbvias, o item que determina maior invasão de privacidade no aplicativo é o indicador de que a pessoa está online ou mesmo do horário em que o acessou pela última vez. Mas, felizmente, podemos resolver essa dor de cabeço bem rápido. 

Para desativá-lo, é só clicar no ícone representado pelo três pontinhos (...) e em Configurações. Depois, clique novamente em Conta e Privacidade. Para finalizar o processom, basta ir em Visto por último e escolher uma das opções disponíveis. 

2 - Desative a confirmação de leitura de mensagens

Não bastasse outros usuários verem quando você está online, eles também têm acesso à informação que mostra em qual horário a mensagem enviada foi entregue a você e que horas você a leu, de fato. 

Para desabilitar essa função, basta seguir os mesmos passos da descrição anterior e invés de Visto por último, selecionar a opção Confirmação de Leitura e clicar em cima para remove-la. 

3 - Esconda sua foto do perfil 

Assim como a opção de desativar o indicador de que você está online, é possível "escolher" quem pode ver sua foto perfil. As opções disponíveis são: Todos, Meus contatos (somente pessoas que você tem o número salvo no celular), Ninguém. 

Se quiser modificar essa permissão, siga os mesmos passos e clique em Foto do perfil. 

4 - Ocultar fotos e vídeos da galeria

Seja em conversas individuais, seja nos grupos, a verdade é que as mídias rolam soltas pelo WhatsApp e a maioria acaba ficando salva automaticamente na sua galeria, o que pode não ser nada legal. 

Se quiser ocultar essas mídias, você terá que baixar um explorador de arquivos, como o ES File Explorer para guardar tudo lá. Depois de baixá-lo, entre na pasta WhatsApp, em seguida, Media > WhatsApp images.  Assim como no WhatsApp, você precisará clicar no ícone de três pontinhos e seguir os passos: Novo > Arquivo > Crie uma pasta com o nome .nomedia e salve. O mesmo procedimento deve ser feito com vídeos, mas aí é preciso clicar na pasta WhatsApp vídeos no início do processo. 

Caso queira voltar o conteúdo para a galeria do celular, é só excluir as pastas criadas. 

5 - Apague o backup de conversas

Para que você não perca suas conversas, ou as restaure se preciso, o WhatsApp as salva automaticamente em locais como Google Drive ou ICloud. Não quer que isso aconteça mais? Simples!

De novo: três pontinhos (...) > Confugurações > Conversas > Backup de conversas > Configurações do Google Drive (ou ICloud) > Selecione a opção Nunca. 

6 - Apague o histórico de conversas

Além do backup de segurança, as conversas costumam ficar salvas no próprio aparelho. Para excluí-las, vá em Configurações > Conversas > Histórico de conversas > Apagar todas as conversas > Confirmar. 

7 - Ative a verificação em duas etapas

O último passo para ter um pouco mais de segurança ao acessar o WhatsApp é hablitar a função de verificação em duas etapas. Assim, toda vez que você cadastrar seu número de telefone em um novo aparelho, será solicitado um código para ser completada a configuração do WhatsApp. 

Para isso, siga os passos: Três pontinhos > Configurações > Conta > Verificação em duas etapas > Ativar > Defina um PIN de seis dígitos > Confirme. 

Além dessas dicas, é super importante evitar passar informações muito pessoais a desconhecidos e dentro de grupo no aplicativo. Ou seja, confie desconfiando. 

Fonte: Olhar Digital, IDG Now, Cenário MT

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Agora é possível ler as mensagens apagadas do WhatsApp com esse novo aplicativo

Recomendamos