Absurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospital

Estar em um hospital, seja por qual motivo, nunca é uma situação confortável. E até o procedimento mais simples pode acabar se transformando em algo extremamente perigoso e levar a morte do paciente - é o que chamamos de erro médico. De fato, pesquisas mostram que 148 pessoas morrem por dia no Brasil por causa disso.

Absurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalsfam_photo / Shutterstock.com

Em outros países, a situação não é muito diferente. Na Inglaterra, por exemplo, um homem de 68 anos morreu após ter os pulmões lavados com detergente. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Negligência médica: casal alerta outros pais após filho de 2 anos morrer por erro médico ao tratar tosse por virose comum

De acordo com o The Telegraph, William Hannah deu entrada no hospital para fazer uma cirurgia de emergência e, durante o procedimento, uma enfermeira acabou cometendo um erro fatal que o levou à morte.

Ao invés de usar um fluido correto e utilizado nesse tipo de cirurgia, ela acabou dando detergente para que os médicos fizessem a lavagem. O caso só foi descoberto dias depois, quando a recuperação mostrou-se dolorosa e o idoso veio a óbito.

Absurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalSyda Productions / Shutterstock.com

Casos como o dele são bem frequentes dentro dos hospitais. Na lista divulgada pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, as causas mais citadas são infecções generalizadas, pneumonia, infecção urinária, infecção do sítio cirúrgico, complicações com acessos e dispositivos vasculares. Erros de medicamentos e complicações cirúrgicas, como as hemorragias, também são preocupações recorrentes.

Absurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalsirtravelalot / Shutterstock.com

Felizmente, a parte boa e que é possível, enquanto paciente ou acompanhante, tomar algumas atitudes que ajudem a prevenir esse tipo de erro médico. Algumas das opções são as seguintes: 

  • Se informe: claro que o Google não é formado em medicina, mas fazer pesquisas em sites de confiança e buscar outras fontes de informação após o diagnóstico ajuda, e muito, a prevenir erros médicos;
  • Observe o ambiente: estar em um quarto sozinho e em um com outros 10 pacientes com doenças diferentes faz toda diferença. Se o ambiente é lotado, as chances de um erro médico acontecer são maiores;
  • Controle seus medicamentos: se você toma remédios controlados o tempo todo, pelo menos uma vez por ano vá ao médico, e nunca se automedique;
  • Sempre faça check ups: pelo menos um vez ao ano, faça exames gerais para garantir que sua saúde está 100%.

Absurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalAbsurdo e descaso: homem morre após ter o pulmão lavado com detergente no hospitalwavebreakmedia / Shutterstock.com

Lembre-se: saúde em primeiro lugar! Cuide de si mesmo e da sua família e será muito mais feliz.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Cuidado! Saiba qual é o erro comum entre os pais que pode ocasionar infecções de ouvido e até surdez da criança