Vítima do preconceito da própria mãe, jovem gay faz desab

NOTÍCIAS

Vítima do preconceito da própria mãe, jovem gay faz desabafo emocionante: "Me sinto tão sozinho"

Date 20 de setembro de 2018

Um desabafo de um jovem sobre sua sexualidade publicado em seu perfil do Facebook emocionou outros internautas.

Henrique Silva, que vive em Manaus, lamentou ter perdido o contato com sua mãe após assumir ser gay. Sua mãe é extremamente religiosa e, devido a sua crença e seu preconceito, cortou relações com Henrique.

"Minha mãe é proibida de falar comigo por eu ser gay, pela religião dela. E isso me machuca muito", escreveu ele em sua publicação na rede social.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: "Fui ameaçado de morte", revelou André Gonçalves ao lembrar de seu personagem gay, o Sandrinho de "A Próxima Vítima"

Henrique ainda contou que não fala com a mãe há mais de 2 meses e que acabava de saber que ela o havia bloqueado de todos os aplicativos de conversa.

"Hoje descobri que ela me bloqueou de vez e cortou todos os meios de contato comigo. Mas pra ela, essa é a vontade de Deus", lamentou ele, que publicou um print de sua última tentativa de conversar com a mãe pelo WhatsApp.

A publicação rapidamente viralizou e já conta com quase 60 mil compartilhamentos. O triste desabafo de Henrique emocionou outros internautas que demonstraram seu apoio ao jovem por meio de mensagens de carinho para lhe dar forças.

 

"Eu sei que é difícil, mas tente ser forte e mantenha a chama da esperança viva porque um dia ela vai perceber o grande erro que está cometendo", aconselhou um internauta.

"Força, Henrique! Deus te ama como você é e um dia sua mãe também vai entender isso", disse outro.

 

Um dia depois da publicação, Henrique agradeceu o apoio recebido com uma nova postagem emocionante.

"Só tenho a agradecer pela enxurrada de amor, carinho e apoio que tenho recebido de todos.  Saibam que vocês fizeram a diferença na minha vida. Ganhei milhares de mães, irmãos, irmãs e pais", escreveu ele que ainda afirmou ter feito o primeiro post em um momento de dor.

É isso aí, Henrique! Seja forte e verdadeiro com você mesmo que um dia sua mãe irá se dar conta do grande filho que tem.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Solteiro e gay, homem adota 4 crianças com deficiência e vence o preconceito com amor