Após receber beijo do Papa, bebê com câncer fatal no cér

Após receber beijo do Papa, bebê com câncer fatal no cérebro aparece completamente curada

Notícias

August 21, 2018 23:44 By Fabiosa

A história de Gianna Masciantonio é daquelas que renovam a nossa fé e esperança. A luta dessa pequena guerreira não começou agora, mas logo após o seu nascimento, em 2014, quando a menina foi diagnósticada com um câncer fatal no cérebro. Os médicos disseram que era incurável e chegaram a afirmar que Gianna sequer comemoraria o seu primeiro aniversário.


Hoje, Gianna está com três anos de idade. Foram três aniversários comemorados, apesar de todas as descrenças dos médicos. Milagre? A família dessa menina acredita que sim. E, para eles, tudo começou em 2015, quando Gianna recebeu um beijo do Papa Francisco.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: De derreter o coração! Ato de amor de uma policial argentina viraliza e comove internautas

Nesse fatídico ano, o papa visitou a Filadélfia, nos Estados Unidos, onde Gianna vivia. Os pais da menina resolveram levá-la para encontrar o pontífice. Na época, ela tinha apenas 8 meses de idade e os seus pais já estavam completamente sem esperanças de que ela ficasse curada.


Coincidência ou não, a menina conseguiu chegar até o papa, sendo levada por um guarda suíço, que a pegou da multidão e a levantou para que o religioso pudesse vê-la. O papa, então, sem sequer saber da doença de Gianna, deu um beijo na cabeça da menina, justamente no local onde ela tinha o tumor fatal.


Para os pais de Gianna, foi exatamente aí que o milagre aconteceu: “A essa altura, nós não tínhamos esperança. Só podíamos rezar por um milagre e esse milagre foi o beijo do Papa. Deus mostrou que estava conosco”, desabafa a mãe da garotinha.


A partir desse momento, o câncer de Gianna começou a regredir, para a surpresa de todos, principalmente dos médicos. Logo em seguida, em 2016, ela teve um ótimo progresso no tratamento de quimioterapia e, em novembro de 2017, o tumor diminuiu tanto que ela passou um ano sem precisar realizar quimio.


E agora, em 2018, a grande surpresa: o tumor desapareceu completamente! E contra todas as expectativas, Gianna agora está se preparando para iniciar a escola. A família está completamente maravilhada e acredita que tudo isso aconteceu graças ao beijo do papa e à fé que todos depositaram na cura. 


Mas é claro que eles não poderiam deixar de dar crédito aos médicos, que tanto batalharam junto com a família na luta pela cura de Gianna. E como forma de reconhecimento, eles doaram 50 mil dólares para o hospital infantil onde Gianna se tratou. A doação foi feita no nome da fundação criada em homenagem à Gianna, que se chama “For the Love of Grace” (Grace é o nome do meio da menina e também significa “graça” em inglês).


Milagre ou uma incrível coincidência, agora a menina que sequer comemoraria seu primeiro ano de vida tem todo um futuro pela frente.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Homem flagra uma incrível nuvem em forma de anjo e acredita que é um sinal dos céus