Em festa do título, jogador do Palmeiras não cumprimenta Bolsonaro e o motivo por trás do gesto é emocionante

O campeonato brasileiro de futebol da primeira divisão acabou no domingo, dia 02 de dezembro de 2018 e com ele também se encerrou o calendário do principal esporte nacional. Agora, só a partir de janeiro de 2019. O Palmeiras foi campeão mais uma vez e fez uma linda festa juntamente com sua torcida

Porém, um detalhe chamou toda atenção no jogo da entrega da taça: a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro. O capitão da reserva foi ao estádio respondendo um convite da diretoria do clube e assistiu ao jogo em um dos camarotes da arena. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

Ao ser notado, o estádio se dividiu entre aplausos e vaias ao político. Com o fim do jogo, iniciou-se os preparativos para a solenidade de entrega da taça do campeonato e das medalhas de campeão. Bolsonaro então foi para o campo e se posicionou em cima do palco para entregar as condecorações aos atletas.

Se alguns boleiros (já conhecidos por suas posições) abraçavam e demonstravam todo apoio ao homem, outros se mantinham indiferentes à sua presença.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

Entretanto, um jogador em si foi especial: Willian, mais conhecido como "Willian Bigode". O atacante, artilheiro do time na temporada, recebeu a medalha e passou reto pelo futuro presidente do país.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Willian Gomes De Siqueira (@williandubgod) em

O vídeo da cena bombou na internet e é possível observar que Willian coloca a medalha no pescoço e olha para frente, ignorando completamente a presença de Jair e logo depois agradece aos céus. 

A atitude do rapaz gerou controvérsia na rede social e entre os próprios torcedores da agremiação, levando a divisão que aconteceu no estádio para o mundo virtual:

Mas tudo isso pode ter uma simples explicação: Daniel, o filho do boleiro. É isso mesmo, Willian pode ter ignorado o político por causa de seu filho e para entender a história é preciso voltar um pouco no tempo.

Bolsonaro sempre falou contrário às minorias e já votou a favor de projetos que prejudicam diretamente aqueles que possuem algum tipo de deficiência. Acontece que Daniel possui Síndrome de Down e as falas do futuro presidente ferem exatamente o garoto:

No dia seguinte, participando de uma solenidade do campeonato, Willian garantiu que não viu Bolsonaro ali e por isso passou reto! Será que não viu mesmo ou apenas não quer alimentar mais polêmicas?

O certo é que é difícil julgar a condição de cada pessoa e os motivos de suas atitudes, só é preciso respeitar!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: "Eu tenho certeza que não sou o mais capacitado", afirma Jair Bolsonaro durante culto com Silas Malafaia