Emoção! Famílias separadas pela Guerra se reencontraram m

NOTÍCIAS

Emoção! Famílias separadas pela Guerra se reencontraram mais de 60 anos depois!

Date August 22, 2018 20:17

Imagine passar mais de 60 anos sem ver ou falar com membros da sua família, seja seu pai, sua mãe ou mesmo seus irmãos. Pior que isso, já pensou se você passasse seis décadas simplesmente proibido de ter contato com essas pessoas por causa da Guerra? Foi isso que aconteceu com sobreviventes da guerra das coreais Norte e Sul, que se separaram desde que um conflito dividiu o país em dois, nos anos de 1950 a 1953. 

Desde então, os encontros só podem acontecer quando há permissão dos presidentes das duas Coreias, Kim Jong-un (Coreia do Norte) e Moon Jae-in (Coreia do Sul). 

Além disso, os encontros acontecem sempre com uma série de reuniões promovidas pelos dois governos. Ou seja, depois de anos separados, os familiares podem se 'rever' de forma supervisionada. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Soldado da segunda guerra mundial deixou carta para filha recém nascida. A carta demorou 69 anos para ser entregue.

Esses encontros estavam suspensos, mas voltaram depois que os dois presidentes assinaram um acordo em abril de 2018, três anos depois do último evento. 

Assim, 89 idosos sul-coreanos tiveram oportunidade de passar cerca de 11 horas com os familiares, que não viam há mais de 65 anos. 

Uma das histórias que mais chamaram atenção durante o encontro foi de Lee Keum-seon, que acabou se separando do marido e do filho, que tinha quatro anos na época. 

Vivendo na Coreia do Sul depois da separação, ela se casou novamente e teve outros sete filhos, mas ficou extremamente feliz com a oportunidade de conhecer novamente o menino que lhe fora tirado dos braços e criado pelo pai na Coreia do Norte. "Não se é real, ou um sonho", declarou em uma entrevista ao G1 pouco tempo antes do reencontro. 

Ao se falar, ela e o filho acabaram mostrando fotos um ao outros e falando sobre as vidas que tiveram durante todo esse tempo. 

Infelizmente, a guerra entre as coreias não teve um 'fim' definido. Isto é, ainda hoje, é como se os coreanos estivessem em combate. 

A esperança é que os países assinem, o mais rápido possível, um acordo de paz que ponha fim a toda essa situação. 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Eles se apaixonaram durante a 2ª Guerra Mundial e não ficaram juntos. Depois de 72 anos se reencontraram