Globo perdeu um animal durante gravação de minissérie e foi condenada a pagar R$ 1,65 milhão!

Assistimos muitos filmes, séries e até mesmo novelas e estamos acostumados com a palavras "prescreveu" ao citar processos que passaram muito tempo e não foram julgados.

Mas, na vida real as coisas são um pouco diferentes e a Rede Globo sentiu o golpe da Justiça 18 anos depois de ser indiciada pelo Ministério Público. O valor passou de R$ 1,5 milhões de reais!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Sérgio Chapelin está com a bola toda, depois de pedido da cúpula da Globo, jornalista adia aposentadoria

O "crime"? A emissora deixou um gato-do-mato fugir durante as filmagens de A Muralha, minissérie que foi ao ar nos anos 2000 e só agora as consequências dessa irresponsabilidade mostraram as garras e feriram profundamente.

Reprodução / Rede Globo

​O animal, perdido pela empresa, fazia parte de um par (eram dois gatos-do-mato) que foi emprestado depois que o Ibama fez a solicitação à uma organização não-governamental. O órgão viu relevância histórica na solicitação da produção e deu fé da requisição.

Reprodução / Rede Globo

No entanto, os animais que foram retirados da ONG Mata Ciliar, de Jundiaí (SP), eram espécies em extinção e, para surpresa de todos, apenas um deles foi devolvido.

Reprodução / Rede Globo

A Globo demandou esforços na busca pelo gato-do-mato, mas ele desapareceu.

Então, uma ação criada pelo Ministério Público foi movida contra a emissora. 

O valor total que a empresa terá que pagar é de R$ 1,65 milhão por ter perdido um gato-do-mato! Conforme informações da Folha de S.Paulo, a assessoria da emissora se nega a comentar sobre processos.

Fonte: Folha de S.Paulo

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Globo ataca novamente e dessa vez quem vai pra guilhotina é Malu Mader!