Mulher desabafa em rede social: "Cansei de me calar. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz"

Jackeline Mota, alguém conhece? Talvez, algumas poucas pessoas do seu ciclo de amizades de Araçariguama, pequena cidade em São Paulo. Mas ela teve seu nariz quebrado pelo ex-marido e virou mais uma estatística no Brasil. Agora Jackeline se juntou a Marias, Isabelas, Luanas, Larissas, Brunas, Joanas e muitas outras mulheres que sofrem agressão de seus companheiros, namorados, maridos e outros.

A moça relatou ter sido agredida por Carlos Henrique Evangelista de Oliveira, seu ex-marido e que trabalha atualmente como assessor de um vereador local. Ela também disse que não foi a primeira vez que apanhou do rapaz e fez um relato dramático de seu relacionamento com ele.

"Cansei de me calar. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz", relatou ao postar sua foto e começar sua nota. "Por várias vezes tentei me separar, mas aí a perseguição era tanta, que diante delas eu acabava voltando".

 "Vocês acham que eu gostava de apanhar? Vocês acham que eu era feliz sendo traída e ofendida com os piores nomes possíveis?"

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Luiza Brunet abre o jogo sobre agressão: "Como ia sair na rua com olho roxo, 4 costelas quebradas e ficar quieta?"

Jackeline relatou que foi agredita fisicamente sistematicamente dentro de seu relacionamento abusivo. Além disso, Carlos ainda xingava constantemente a mulher e a abusava psicologicamente.

Depois de 11 anos desse inferno, ela finalmente conseguiu se divorciar do marido. Faz um ano da separação dos dois, mas há pouco tempo, a moça resolveu dar uma nova chance para o amor e assumiu um novo namorado.

Conforme o relato de Jackeline, foi ao saber disso que o ex-marido achou mais uma vez que poderia agredir a mãe de seus filhos. "Detalhe, fez isso na frente dos filhos, quer me matar Carlos Henrique? Pode matar agora."

Jackeline fez boletim ocorrência contra o agressor e aproveitou para passar uma mensagem a todas as mulheres. "Mulheres, não se calem. Não tenham medo. Se o medo for da morte, entendam que vocês que vivem uma situação destas dentro de casa estão com a alma morta em um corpo que apenas existe, não vive."

Fonte: G1

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Após ser acusado de agressão, cantor Victor Chaves reata com ex-mulher

Recomendamos