Maravilhosa! Ministra da Nova Zelândia mostra toda sua for?

Maravilhosa! Ministra da Nova Zelândia mostra toda sua força e resolve ir de bicicleta até hospital para dar à luz

Notícias

August 21, 2018 15:17 By Fabiosa

A maternidade ainda é vista em várias culturas como algo que pode importunar e gerar transtorno em alguns momentos. Por exemplo, existem alguns relatos de empresas que deixam de contratar funcionárias se elas tiverem filhos, grávidas ou mesmo planejando engravidar.

Isso acontece, pois está em vigor uma forma de pensar que apenas a mulher deve se ausentar de sua atividade profissional para cuidar do filho e assim, ela gerará "prejuízo" para empresa (que ficará pagando o salário e sua funcionária estará de licença).

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Antes do parto essas mulheres dançaram e conquistaram a internet

Mas, em algumas outras culturas (mais evoluídas), a maternidade já não se encontra dentro deste nível básico de discussão e saiu do estigma de fardo para algo realmente grandioso.

VGstockstudio / Shutterstock.com

Como exemplo está a Nova Zelândia. No último domningo, a atual Ministra para Mulheres e que também acumula o cargo de Ministra de Transportes, deu provas de que o país lida com essa questão de uma forma maravilhosa.

Julie Anne Genter de 38 anos e que é ligada ao "Partido Verde" do local, estava grávida de 42 semanas e precisou induzir o parto de seu bebê. Então, a moça se deslocou até um hospital da capital, Auckland, acompanhada de seu parceiro.

Porém, o que mais chamou atenção dessa história foi o fato de que Julie foi até o hospital pedalando. Isso mesmo, a moça pegou sua bicicleta e pedalou ao lado do marido, conduzindo seu barrigão até o local do parto!

"É isso aí, nos desejem sorte! Meu parceiro e eu pedalamos por que não havia espaço suficiente no carro para a equipe de apoio... mas isso também me deixou com o melhor humor possível".

Incrível, não? Realmente é um outra forma de experienciar a vida! Ela que é muito a favor do advento das bicicletas como transporte público, já tinha anunciado que precisava colocar um assento extra em sua "magrela" para quando o bebê chegasse.

Em Junho de 2018, a Primeira-Ministra (cargo correspondente ao Presidente do Brasil) do país, Jacinda Ardern, também deu à luz e precisou tirar 6 semanas de licença do principal cargo político da nação. Porém, sem nenhum problema, já que eles realmente priorizam uma família saudável.

Invejável, não é? Uma só história é capaz de ensinar tanto ao Brasil. Por exemplo, como investir em transporte alternativo para diminuir o caos das grandes cidades, como possui uma igualdade de gêneros e como ter a presença do pai na participação da criação do filho. Parabéns Nova Zelândia e Julie, muita saúde para o mais novo neozelandês ciclista do país!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 'Despacito' ganha versão para conscientizar o parto humanizado