10 famosos que viram sua intimidade exposta nas redes

10 famosos que viram sua intimidade exposta nas redes

Família & Crianças

April 21, 2018 01:39 By Fabiosa

As celebridades estão acostumadas com a exposição na mídia, que faz parte da sua profissão. Ainda assim, muitos famosos se incomodam com a invasão de privacidade de alguns meios de comunicação.

Os casos se tornam ainda mais graves quando a invasão chega ao extremo de expor os aspectos mais íntimos da vida das celebridades, e aí que o assunto deixa de ser aquela “fofoca quente” das estrelas e se torna um assunto de polícia.

Alexander Geiger / Shutterstock.com

Na era digital em que a comunicação está cada vez mais acelerada, a divulgação desse tipo de conteúdo se torna um grande problema, pois é quase impossível controlar a velocidade do compartilhamento e saber de onde partiu a informação inicial. Por isso, atualmente, esse tipo de caso é bem mais recorrente e vem dando cada vez mais dor de cabeça nas celebridades.

Mas nem todos os envolvidos nessa exposição são vítimas da mídia. Alguns protagonistas de casos desse tipo acabaram ganhando fama devido ao conteúdo íntimo exposto, gerando questionamentos sobre o suposto “vazamento” desse material.

Conheça agora alguns casos de famosos que tiveram suas vidas expostas além do que desejavam, e outros em que a exposição veio bem a calhar.

Rômulo Arantes Neto

O ator teve um vídeo íntimo gravado clandestinamente e publicado na rede em 2011. Ele pediu que o Google retirasse o vídeo do ar em 24 horas, mas o provedor acabou demorando mais tempo que o solicitado, e o ator recebeu uma indenização de R$ 10 mil por dano moral.

Rodrigo Boccardi

O jornalista da Globo também passou por esse transtorno, com um vídeo íntimo seu publicado nas redes. Pelas imagens, não é possível saber ao certo se era realmente o apresentador, e alguns amigos dele alegaram se tratar de uma montagem.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Jornalista da Globo toma “chá de sumiço” após vazamento de vídeo íntimo

José Loreto

O ator e recente papai da pequena Bella também foi alvo da exposição, com uma “nude” sua vazada na internet. José, porém, não levou a coisa na brincadeira e prometeu se “vingar” do responsável pelo ato.

Léo Stronda

O moço não teve uma reação tão agressiva quanto a de Loreto e ficou mais recluso quando uma foto sua exibindo os seus “dotes” foi exposta na internet, ficando algum tempo afastado das redes sociais.

Paulo Zulu

O caso do ator é mais peculiar, pois ele quem publicou a foto sem querer no seu Instagram. O artista acabou virando notícia e disse que quase entrou em depressão depois do ocorrido.

Paris Hilton

O suposto vazamento de um vídeo íntimo da herdeira da rede de hotéis até hoje gera questionamentos. O conteúdo foi divulgado três semanas antes da loira ter sua estreia na televisão, em um reality show, e acabou dando fama mundial para a moça. O vídeo foi oficialmente lançado depois com o nome de “1 Night in Paris”.

Kim Kardashian

Esse também é um dos casos mais conhecidos e que pode ter contribuído para a fama do envolvido. A socialite teve um vídeo de sexo amador divulgado em 2007. O conteúdo foi comprado por uma empresa pela quantia de 1 milhão de dólares e foi oficialmente lançado como “Kim Kardashian: Superstar”, sendo uma das fitas eróticas mais rentáveis de todos os tempos.

Stênio Garcia

Em 2015, o ator foi alvo de vazamento de fotos íntimas suas e de sua esposa, Marilene Saade. O ator se pronunciou publicamente, alegando ser vítima de hackers. As fotos do ator se tornaram até “memes” na internet e ele chegou a prestar queixa na delegacia de crimes digitais.

leolintang / Shutterstock.com

Caio Castro

Em 2013, uma foto do ator completamente sem roupa foi vazada na internet e amplamente compartilhada. A foto aparentemente teria sido tirada por ele mesmo, mas o ator se pronunciou alegando se tratar de uma montagem.

Carolina Dieckmann

Um dos casos mais emblemáticos, o fato teve um desfecho importantíssimo para o combate ao crime digital. Em maio de 2012, a atriz teve 36 fotos íntimas suas espalhadas na internet.

Depois de ir atrás da responsabilização dos envolvidos no ato criminoso, o caso acabou culminando na elaboração da Lei n 12.737/2012, conhecida como “Lei Carolina Dieckmann”, que garante a punição de que invade aparelhos eletrônicos para obtenção de dados particulares.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: 5 pequenas da TV que viraram tremendos mulherões