Doação de medula óssea: um gesto que pode salvar muitas v

SAÚDE E ESTILO DE VIDA

Doação de medula óssea: um gesto que pode salvar muitas vidas e é bem menos complicado do que as pessoas pensam

Date April 12, 2018 16:34

É normal vermos nas mídias campanhas que incentivam a doação de médula óssea ou casos específicos de pessoas que precisam de um transplante. Quem não lembra da história da pequena Júlia Abrame de Oliveira? A menina viralizou na rede após ocasionar uma fila de pessoas interessadas em doar médula para ela.

Júlia é moradora de Itatuí, São Paulo, e foi diagnosticada com leucemia aos 6 anos. Depois de descobrirem que nem a irmã da menina era 100% compatível, os pais resolveram lançar uma campanha nas redes sociais para encontrar doador.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Menina de seis anos faz apelo por transplante de medula por “não aguentar mais quimio” e leva uma multidão para doação

Uma enfermeira amiga da família organizou um mutirão no Centro Médico de Especialidades Médicas (Cemem), o que motivou uma enorme fila de doadores. Além das pessoas que se cadastraram, cerca de outras 400 foram dispensadas porque não havia mais kits para coleta de sangue. Apesar de não encontrarem doador 100% compatível, a menina recebeu um transplante haploidêntico, feito com alguém 50% compatível, e o doador foi o próprio pai. Depois de ficar internada desde fevereiro, Júlia finalmente recebeu alta!

sciencepics / Shutterstock.com

Infelizmente, o caso de Júlia é uma exceção. A maioria das pessoas não tem conhecimento sobre como funciona a doação de medula óssea e acredita que esse seja um procedimento muito complicado e, principalmente, muito doloroso. Acontece que não é bem assim. A doação pode ser bem mais simples do que você imagina e, principalmente, pode salvar muitas vidas.

Primeiramente, é importante entender o que é o transplante de medula óssea. O procedimento é um tratamento sugerido para pessoas que sofrem de doenças que afetam as células do sangue, como a leucemia e os linfomas. Consiste na substituição das células deficientes por outras células capazes de reconstituir uma medula saudável e apta a produzir as células-troncos hematopoéticas, responsáveis pela produção de todo o sangue.

O procedimento de doação, ao contrário do que muitos imaginam, ocorre sob anestesia peridural, e o desconforto pós-cirúrgico é controlado com anestésicos. A medula é retirada do interior dos ossos por meio de punções e tudo dura em torno de 90 minutos. Normalmente, o doador retoma suas atividades normais em uma semana. A doação também pode ocorrer por aférese, que ocorre pela coleta de sangue após o uso de medicamentos que aumentam o número de células-tronco, ou no sangue do cordão umbilical.

Bom dia pessoal! Doação de medula óssea é diferente da doação de sangue! Então vamos nos informar direitinho antes de dizer q não podemos doar! Não tenha medo ! O exame para compatibilidade não dói nada! E qd realmente aparecer a medula compatível e for doar vc estará anestesiado!O processo é o seguinte! Aparecendo um receptor compatível eles entrarão em contato c vc!Então vc fará novos exames para confirmar a compatibilidade! Se tudo estiver 100 % certo então vc doará! Será internado de um dia p outro, tomara uma anestesia para não sentir nada e então será puncionado um pouco de líquido em um osso na sua bacia nas costas próximo a cintura! No outro dia poderá viver sua vida normalmente! Sua medula se recompõe em 15 dias! Vc doará 24 horas de sua vida! E quem recebe ganha uma vida inteira pela frente!Vc pode ser um herói da vida real! Vamos lá ! Façam o teste de compatibilidade é devolvam sorrisos a famílias q não aguentam mais ver seu ente querido sofrendo em hospitais! Crianças trocando suas escolas por hospitais, adolescentes trocando a companhia e diversão com seus amigos por hospitais e mães e pais q não podem estar com seus filhos pois precisam estar internados! Pessoal o Rafinha ainda tem tempo p encontrar a sua medula compatível; mas quem tem leucemia morre em menos tempo!!! Então vamos lá ! Doe sangue! Doe medula! Doe vida! #doevida #doesangue #doemedula #doadordemedulaóssea #sejaumdoadordemedula #fanconi #fanconianemia #anemiadefanconi #medularafa #medulaossea #redome #rereme #hemocentro #hemominas #doacao #inca #hematologia #doença #doencarara #doençarara #doente

Uma publicação compartilhada por Fa (@faassuncaoo) em

Existe também uma ideia equivocada de que a doação de órgãos só pode ser feita após a morte. Mas a doação pode ser feita durante a vida sim, seja de medula óssea ou de vários outros órgãos. No caso da medula, basta fazer o cadastro prévio e doar uma pequena amosta de sangue para o banco de dados do hospital. No caso de outros órgãos, é essencial que você deixe sua família ciente do seu desejo de doá-los.

ElRoi / Shutterstock.com

Os famosos também vem dando exemplo de solidariedade e, constantemente, vemos casos de algumas celebridades que necessitaram passar por algum transplante. O caso da cantora Selena Gomez, portadora de lupus, ficou conhecido após a jovem compartilhar nas redes sociais a foto com sua amiga Francia Raisa, que doou o rim para a cantora.

Outro caso conhecido é o da atriz Claudia Rodrigues. A comediante passou por um transplante de células-tronco, devido ao seu caso de esclerose múltipla. Já a atriz Drica Moraes recebeu um transplante de medula óssea após ser diagnosticada com leucemia. A atriz revelou que recebeu a doação de uma pessoa desconhecida. Em uma entrevista, a artista desabafou: "Se não fosse essa pessoa acordar um belo dia para se cadastrar no banco de doadores, eu não estaria aqui dando essa entrevista”.

É importante destacar que várias pessoas podem ser doadoras de medula ossea. Basta que tenha entre 18 e 55 anos e esteja em bom estado de saúde. Também é necessário não ter nenhuma doença infecciosa, incapacitante, neoplásica (câncer), do sangue ou do sistema imunológico. Mas nem todo problema de saúde é um impedimento para doar e é necessário analisar cada caso.

Você precisa ter entre 18 a 55anos Procure o hemocentro do seu estado e agende uma consulta de esclarecimento ou palestra sobre doação de medula óssea. – O voluntário à doação irá assinar um termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), e preencher uma ficha com informações pessoais. Será retirada uma pequena quantidade de sangue (10ml) do candidato a doador. É necessário apresentar o documento de identidade. – O seu sangue será analisado por exame de histocompatibilidade (HLA), um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que vão ser cruzadas com os dados de pacientes que necessitam de transplantes para determinar a compatibilidade. – Os seus dados pessoais e o tipo de HLA serão incluídos no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME). – Quando houver um paciente com possível compatibilidade, você será consultado para decidir quanto à doação. Por este motivo, é necessário manter os dados sempre atualizados. – Para seguir com o processo de doação serão necessários outros exames para confirmar a compatibilidade e uma avaliação clínica de saúde. – Somente após todas estas etapas concluídas o doador poderá ser considerado apto e realizar a doação. #doarvida #doarvida #medulaossea #salvevidas #doeamor #doevida #doesangue #leucemiatemcura

Uma publicação compartilhada por o João precisa de você (@juntospelojoao1) em

Caso esse seja seu caso, procure o hemocentro mais próximo de você. A doação não precisa de agendamento. Basta sua boa vontade e disposição, e esse simples gesto será capaz de salvar muitas vidas!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: Deu mais do que certo! Campanha para salvar pequena de 5 anos, consegue medula óssea para outros dois doentes